quarta-feira, 4 de novembro de 2020

Sucesso absoluto, primeira edição das 6 Horas V11 de Kart reuniu 22 equipes e um grid de alto nível

0 comentários

Foto: Vivi Lolis

Prova teve 403 voltas e foi disputada no último domingo com grande equilíbrio entre os competidores

O Kartódromo Aldeia da Serra, em Barueri (SP), foi o palco para a volta de uma das mais tradicionais provas do kartismo no Estado de São Paulo, as 6 Horas de Kart. Promovida pela equipe V11, comandada pelo também piloto Vinícius Escarlate, a corrida foi disputada no último domingo (1º/11) e teve a presença de 16 campeões nacionais de kart, dentre eles Ruben Carrapatoso, campeão mundial de kart em 1998, e Renato Russo, o maior vencedor da história do Campeonato Brasileiro ao lado de Olin Galli.

Vinte e duas equipes dividiram os 1,170 metros do Kartódromo Aldeia da Serra e, após exatas 6 horas de corrida e 403 voltas, a vitória nas 6 Horas V11 de Kart ficou com a Mini D2 Motorsport, que recebeu a bandeirada apenas 37 segundos à frente da segunda colocada, a D Racing. Oito segundos depois chegava a Forcolin Racing, as três da divisão Graduados.

Quinta colocada na classificação geral e duas voltas atrás da vencedora, a Cinho Racing foi a primeira colocada na divisão Sênior, que foi acompanhada no pódio pela Wal Racing e pela Ventriglio.

Na Super Sênior, a vencedora foi a MZ Motorsport, seguida pela Bolinha Competições e pela Ribeiro Competições, as três garantindo o pódio em sua divisão.

O evento começou mostrando grande equilíbrio entre as equipes, que competiam com motores sorteados fornecidos pela RBC Motorsport. A tomada de tempos teve 19 das 22 concorrentes dentro do mesmo segundo e a pole position geral, após o top qualifying, ficou com a D Racing. A Cinho Racing foi a mais rápida na Sênior e a V11 Mini Odapel foi a pole position na Super Sênior.

Além da premiação às três melhores equipes em cada categoria, todos os poles position receberam troféus fabricados pela Zanoello, bem como a equipe que marcou a melhor volta da prova, a V11 Kart Baxinho. E um troféu acabou sendo um dos mais cobiçados, o que premiava a parada mais rápida desde que obedecido o tempo mínimo regulamentar. Com 7:00.081, a equipe GM Bravar Bardhal foi a premiada.

“Misturei o empreendedor, o chefe de equipe e o piloto quando eu pensei em fazer a 6 Horas V11 de Kart. A ideia era mesclar o aspecto financeiro com uma competição interessante para minha equipe e todas as outras e, ao mesmo tempo, oferecer aos pilotos um ambiente harmonioso, uma corrida divertida e a oportunidade de todos dividirem retas e freadas com nomes top do nosso kartismo”, explica Vinícius Escarlate. “Busquei ouvir a todos, e quando não foi possível atendê-los, tentei oferecer as explicações que eles mereciam. Então, quero agradecer aos 66 pilotos que participaram, dentre eles 16 campeões nacionais, e suas equipes, bem como aos fornecedores e a todos que trabalharam na organização da prova”, continua o promotor das 6 Horas V11 de Kart.

“A prova em si foi muito bacana, com enorme equilíbrio em todos os momentos, basta ver a diferença muito pequena entre as três primeiras colocadas depois de mais de 400 voltas. Na corrida, 21 equipes fizeram sua melhor volta dentro do mesmo segundo e isso tudo também é mérito da RBC Motorsport, que nos forneceu motores muito bem equalizados”, destaca Vinícius Escarlate. “E, pelo equilíbrio, pelo sucesso, pelo apoio e pela participação de todos, já posso anunciar que em 2021 teremos mais uma edição das 6 Horas V11 de Kart, em uma data ainda melhor, quando pretendemos dobrar o grid de largada que tivemos neste domingo”, finaliza.

Confira o resultado completo:
1 Mini D2 Motorsports (G) – 403 voltas – 6:00.10.613
Danillo Ramalho / Diego Ramos / Gabriel Fonseca

2 D Racing (G) – a 37.915
Bruno Pierozan / Lucas Martins / Nelsinho Stanisci

3 Forcolin Racing (G) – a 45.277
André Castro / Sérgio Chimeli

4 GM Bravar Bardhal (G) – a 46.215
Enzo Sá / Erick Lutum / Ernandes Onassis / Pedro Aizza

5 Cinho Racing (S) – a 2 voltas
Daniel Lancaster / Fábio Félix / Thiago Lambert

6 Ventriglio (G) – a 3 voltas
Arthur Oliveira / Felipe Bastos / Hugo Rebouças

7 V11 Baxinho (G) – a 5 voltas
Bruno Possenti / João Victor Camargo / Leco Possenti

8 Wal Racing (S) – a 6 voltas
Daniel Lancaster / Enzo Godoy / Guilherme Silva / Ricardo Arantes

9 Ventriglio (S) – a 6 voltas
Felipe Kelm / Maurício Zandoná / Vinícius Isac

10 Tesser Team (G) – a 6 voltas
João Tesser / Ruben Carrapatoso / Vinícius Escarlate

11 Ribeiro Competições (S) – a 8 voltas
Carlos Guimarães / Rodrigo Morelli

12 MZ Motorsports (SS) – a 10 voltas
Antônio Ramos / Antônio Cerqueira / Celso Bortolosso

13 D Racing Perocco (G) – a 13 voltas
Gabryel Romano / Guilherme Figueiredo / Lucas Perocco / Nicolas Loretti

14 Cinho Racing (S) – a 14 voltas
Carlos Eduardo Filho / Paulo Yamamoto / Rui Leal

15 Bolinha Competições (SS) – a 15 voltas
Aristides Lima / Cícero Facciolla / Lampadinha / Silvino Bitzovtz

16 Ribeiro Competições (SS) – a 16 voltas
José Dicker / Marcos Gelsi / Marcus Dagna

17 V11 Odapel (SS) – a 29 voltas
José Augusto Dias / Paulo Sant´Anna / Renato Russo

18 Papo de Kart / Frank Motor Sports (G) – a 32 voltas
Ademir Garcia / João Simonsen / Luiz Henrique Pierre

19 V11 Barranco & Pires (S) – a 42 voltas
Carlos Escarlate / Guilherme Venanzi / Victor Barranco

NC ZR Motor Sport (S) – a 184 voltas
Fernando Spessotto / Leandro Possenti / Rodrigo Anzanello

NC V11 Kart Team (G) – a 298 voltas
Guilherme Cury / João Felipe Marques / Rafael Toledo

DQ Russo Racing (G)
Álvaro Cho / Cadu Bonini / Giuliano Raucci / Pedro Lins

KG COM Assessoria de Comunicação
Erno Drehmer (MTb/RS 14.706)

Deixe seu comentário