quarta-feira, 16 de novembro de 2022

Guilherme Quinteiro vence na Granja Viana, em sábado de disputas intensas na categoria F4

0 comentários

Foto: Jackson de Souza

Após quatro anos sem competir no Kartódromo da Granja Viana, o piloto santista conquistou a quinta vitória do ano, desta vez pela categoria F4

Na disputa pelo título da Copa São Paulo Light de Kart nesta reta final da temporada de 2022, Guilherme Quinteiro venceu mais vez no ano, desta vez na 8ª Etapa da Copa São Paulo de Kart da Granja Viana, após quatro anos sem competir no circuito localizado na cidade de Cotia.

Com o intuito de se manter em atividade, devido o grande intervalo entre as etapas finais da Copa São Paulo Light por causa das atividades do Campeonato Brasileiro de Kart, o piloto santista de 15 anos escolheu a etapa da Copa São Paulo KGV para voltar ás pistas antes da decisão do campeonato do Light, quando disputa o título da Graduados B.

Ausente das pistas desde o início de Outubro, quando venceu a penúltima etapa do Light pela Graduados B, Quinteiro conquistou mais uma vitória para o histórico de 2022, em uma categoria fora de seu cotidiano, ao vencer a corrida final da categoria F4, e conquistar o lugar mais alto do pódio, em uma pista na qual não andava desde 2018.

“Foi uma experiência diferente e muito bacana para voltar as pistas, ainda mais se tratando de uma prova com motores 4 tempos, que a muito tempo não corria, e na Granja Viana, uma pista que competi a última vez em 2018 no meu primeiro ano pela categoria Junior Menor.” – comentou Guilherme. Sempre exercendo uma rápida adaptação por onde passa, o piloto santista se colocou como um dos pilotos mais rápidos já nas primeiras sessões de treinos livres, garantindo o terceiro tempo na tomadas de tempo, com a diferença de apenas 0.109s da pole position.

Em duas provas marcadas por grandes disputa, Quinteiro que chegou a liderar boa parta da primeira corrida, completou as primeiras dezenove voltas com a segunda posição, alcançando a vitória na prova final após uma incessante troca de posições, onde conquistou a ultrapassagem decisiva, a poucos metros da bandeirada final, conquistando também o título da etapa pela categoria F4.

“Vencer e bom, e fico muito feliz em conquistar essa vitória em um local onde não temos o costume de competir, tanto pista como a categoria F. Agradeço e muito a toda equipe TR3 Motorsport, nosso chefe Waltinho Travaglini, e meu mecânico e parceiro de longa data Terel, que está sempre atento a todo setup do kart nas corridas.” – ressaltou Quinteiro. “Agora o pensamento segue apenas para a decisão do Light, já conquistamos um título paulista em 2021 pela OK Junior no Circuito Paulista de Kart, e vamos trabalhar para conquista nosso segundo título paulista, dessa vez na Copa São Paulo Light.” – finalizou.

Com apenas dois pontos separando Guilherme Quinteiro do líder na Graduados B, a decisão da Copa São Paulo Light de Kart está marcada para os dias 09 e 10 de Dezembro, no Kartódromo Municipal Ayrton Senna, em Interlagos.

BEcom - Assessoria de Comunicação e Imagem
www.becompress.com.br
Contato: Jackson de Souza
E-mail: contato@becompress.com.br 

Leia Mais >>>
terça-feira, 8 de novembro de 2022

Lourenço Varela entra para a história como o primeiro campeão Brasileiro da categoria Mini 2T

0 comentários

Foto: Eni Alves

A conquista foi no sábado, no kartódromo Internacional Paladino, em Conde-PB

O segundo grupo do Campeonato Brasileiro de Kart, disputada no último sábado (05), no Circuito Paladino, em Conde-PB, teve uma conquista inédita. O piloto catarinense Lourenço Varela, da cidade de Itapema, é o primeiro campeão nacional da Mini 2T. Este nome faz alusão à 60 MINI, categoria de grande sucesso na Europa e base de formação de jovens pilotos no Velho Continente, usando o mesmo chassi da nacional Cadete, com motor KTT de 125 cc.

Campeão do Troféu Ayrton Senna pela mesma categoria, Lourenço Varela saiu do terceiro posto nas baterias classificatórias e venceu as duas. Foi o segundo colocado na corrida Pré-final, largando ao lado do pole position na prova decisiva. As primeiras duas voltas da corrida final tiveram disputas acirradas, até que o piloto catarinense assumiu a liderança e manteve a posição até receber a bandeira quadriculada, a três segundos de vantagem para segundo lugar.

“Trabalhamos e treinamos muito o ano inteiro para conquistar um título brasileiro. Valeu a pena o esforço. Estou muito feliz. Quero dedicar esta vitória para a minha família que me apoia sempre e a Deus. Agradecer ao Iferson (Motin), meu preparador, aos coaches J.R. Oliveira e Murilo Fiore, ao Digão Soares da telemetria, e aos amigos que ficaram na torcida por mim”, declarou Lourenço Varela, campeão brasileiro e líder da Mini 2T, na Copa Itu, que terá o título definido no dia 26 de novembro, na Arena Schincariol, no interior paulista.

Leia Mais >>>

Theo Salomão é campeão brasileiro da Júnior Menor e cria fato inédito nas categorias de base do kartismo nacional

0 comentários

Foto: Gilmar Rose

Piloto goiano conquistou seu quarto título nacional em três temporadas

A 57ª edição do Campeonato Brasileiro de Kart, o mais importante evento do kartismo no país, terminou no último sábado (5) no Circuito Paladino, na Paraíba, com o jovem Theo Salomão (AJEL Materiais Elétricos) comemorando seu quarto título de caráter nacional em três temporadas.

E, mais do que isso, o piloto da equipe Russo Racing estabeleceu um fato até então inédito nas categorias de base do kartismo no Brasil. Com a conquista do título na Júnior Menor, Theo Salomão é o único piloto na história que saiu da Cadete em uma temporada para na outra sagrar-se campeão brasileiro e da Copa Brasil na Júnior Menor, exatamente a categoria seguinte.

“Todos sabem o quanto é difícil para um piloto vindo da Cadete se adaptar aos motores de 125cc que são usados na Júnior Menor. É um ‘salto’ muito grande”, relembra Renato Russo, chefe de equipe na Russo Racing, que chegou ao seu 10º título de campeão brasileiro no último sábado. “E o Theo fez isso com maestria. Ele foi campeão brasileiro em 2020 e da Copa Brasil em 2021 pela Cadete e nesta temporada fez sua estreia na Júnior Menor conquistando os dois títulos nacionais”, completa.

Theo Salomão (AJEL Materiais Elétricos) disputou quatro campeonatos brasileiros e este foi o mais “pesado” para o piloto de Goiânia (GO). Com sua saúde debilitada pela febre e por uma infecção de ouvido e garganta, Salomão se esforçou o máximo possível para superar as dificuldades.

Com o importante apoio da Russo Racing, ele superou também as dificuldades iniciais no acerto de seu kart para a pista do Circuito Paladino. “Os pneus tinham um novo composto, então muito do que trabalhamos de acerto anteriormente acabou mudando”, conta Russo. “Começamos um pouco ‘perdidos’, mas logo encontramos o caminho certo novamente”, emenda.

Terceiro colocado na tomada de tempos, dois décimos de segundos mais lento que o pole position, Theo Salomão finalizou a primeira corrida classificatória em segundo depois de cair para a sexta posição, resultado que repetiu na segunda prova. Assim, com a soma dos pontos, o goiano largou em segundo na Pré-Final e terminou em quinto, de onde largaria para a Final.

Com uma ótima largada e quatro ultrapassagens ainda em seu início, Theo Salomão assumiu a liderança da Final em poucas voltas e passou a imprimir um ritmo muito forte, que o levaria a conquista de seu segundo título de campeão brasileiro com uma vantagem de mais de 4 segundos sobre o segundo colocado.

Currículo – Nas três últimas temporadas, Theo Salomão sagrou-se campeão brasileiro da Cadete em 2020 e da Júnior Menor em 2022 e campeão da Copa Brasil na Cadete em 2021 e na Júnior Menor em 2022.

KG COM Assessoria de Comunicação

Leia Mais >>>

Em Goiânia, Álvaro Cho conquista seu segundo pódio na F4 Brasil

0 comentários

Foto: Duda Bairros

Orientado por Thiago Camilo, piloto mais jovem do grid fatura terceiro lugar neste domingo

A Fórmula 4 Brasil encerrou a quinta etapa da temporada neste domingo (6), no Autódromo de Goiânia (GO), após realizar a corrida 3, a qual foi palco do segundo pódio de Álvaro Cho. Em Interlagos, o piloto mais jovem do grid faturou seu primeiro troféu na mais nova categoria do automobilismo nacional e, neste fim de semana, repetiu o feito depois de cruzar a linha de chegada em terceiro lugar.

"Estava com uma expectativa boa para a corrida de hoje, ontem vi que conseguia ir bem, disputar entre os três. Mesmo sendo rápido, não conseguia encaixar bons resultados, largava lá de trás e teve a batida ontem. Felizmente, hoje o resultado foi extremamente positivo e estou muito contente com este terceiro lugar”, disse Álvaro.

E nesta etapa, o piloto da KTF Sports esteve acompanhado de Thiago Camilo, que trabalhou como coach, orientando o jovem paulistano.

“O Thiago (Camilo) é ótimo, acho que não tem ninguém melhor que ele parece estar neste papel. Ele é um dos que mais tem experiência em automobilismo no Brasil, qualquer conselho ou dica que ele me dá já ajuda muito e certamente o resultado de hoje”, completa Cho.

A Fórmula 4 Brasil realiza a última etapa no Autódromo de Interlagos, nos dias 10 e 11 de novembro.

Leia Mais >>>

Júlio Conte foi terceiro na Sênior e subiu no pódio do Campeonato Brasileiro de Kart

0 comentários

Foto: Gilmar Rose

Paranaense foi o autor da pole position entre os 28 pilotos inscritos em sua categoria no Circuito Paladino, na Paraíba

Mais importante competição do kartismo no país, o Campeonato Brasileiro de Kart finalizou no último sábado (5) as disputas de sua 57ª edição. O palco foi o Circuito Paladino, kartódromo localizado em Conde, nas proximidades de João Pessoa, a capital paraibana.

Competindo na categoria com o maior número de inscritos, a Sênior, o paranaense Júlio Conte participou dos quatro treinos oficiais realizados nos dois primeiros dias, quando obteve resultados variados, mas suficientes para que ele e a equipe Elohim Kart encontrassem um ótimo acerto para a sequência da competição.

A tomada de tempos foi extremamente equilibrada, com 24 dos 28 inscritos dentro do mesmo segundo, e a pole position definida no último instante, na bandeirada. E, com uma volta apenas 70 milésimos de segundos mais rápida, Júlio Conte garantiu a pole e a primeira posição no grid de largada das duas provas classificatórias.

Utilizando um chassi CRG e motores preparados pela DTR Motorsport, Júlio Conte finalizou a primeira corrida em terceiro e foi obrigado a abandonar a segunda prova, o que fez com que o piloto de Londrina largasse em 11º na Pré-Final.

Repetindo o ótimo desempenho anterior, Conte ultrapassou seis concorrentes e terminou a Pré-Final em quinto, de onde largaria na prova decisiva, a Final, cujo vencedor seria o novo campeão brasileiro da categoria Sênior.

Júlio Conte disputou de maneira intensa a Final, foi ultrapassado e fez ultrapassagens e, ao fim de 20 voltas, recebeu a bandeirada em terceiro, mais de 7 segundos à frente do quarto colocado, garantindo um lugar no pódio e na camionete para a “volta da vitória”.

“Foi um Campeonato Brasileiro muito disputado, equilibrado, e terminar em terceiro é um resultado que me deixa muito feliz”, disse Júlio Conte após a cerimônia de pódio. “O abandono na segunda classificatória atrapalhou um pouco meus planos, pois o objetivo era largar entre os três primeiros na Final. Escalei o grid na Pré-Final, fiz uma Final muito boa, com muitas disputas e um ritmo melhor que os dois primeiros, mas perdi tempo até conseguir me estabilizar na terceira posição. Agradeço à DTR Motorsport, à CRG Brasil e à Elohim Kart”, finalizou.

KG COM Assessoria de Comunicação

Leia Mais >>>

Artur Hoff foi ao pódio do Campeonato Brasileiro de Kart em sua estreia na categoria OK Júnior

0 comentários

Foto: Eni Alves

Principal competição do kartismo no Brasil foi encerrada no último sábado (5) na Paraíba

Competindo em duas categorias, o brasiliense Artur Hoff (Grupo Sollo | Construtora Construnião | Colégio Mackenzie Brasília) foi um dos principais destaques nas provas do Grupo 2 do 57º Campeonato Brasileiro de Kart. A mais importante competição do kartismo no Brasil foi disputada no Circuito Paladino, na Paraíba, e encerrada no último sábado (5).

Sempre postado entre os primeiros colocados nos treinos de ambas as categorias, Hoff conquistou o segundo lugar na tomada de tempos em sua estreia na OK Junior e partiu confiante para a disputa das duas provas classificatórias, onde obteve resultados bastante distintos.

Na primeira prova Artur Hoff acabou abandonando após um incidente na segunda volta, mas na corrida seguinte o piloto de Brasília (DF) “deu a volta por cima” e venceu com quase 1 segundo de vantagem sobre o segundo colocado.

Largando em sexto na Pré-Final por conta dos resultados obtidos nas classificatórias, Artur Hoff repetiu sua bela atuação anterior, superou quatro concorrentes e terminou em segundo, de onde largaria para a Final. E na corrida decisiva, cujo vencedor seria o campeão brasileiro, Hoff novamente foi protagonista de belas disputas, finalizando em terceiro e subindo no pódio da categoria de caráter internacional.

A campanha de Artur Hoff (Grupo Sollo | Construtora Construnião | Colégio Mackenzie Brasília) na Júnior, a segunda categoria em que competiu no Campeonato Brasileiro, foi bastante semelhante. Depois dos bons resultados nos treinos, ele foi o 8º colocado na tomada de tempos, apenas 1 décimo de segundo mais lento que o pole position.

Um terceiro e um sexto lugar entre 27 competidores inscritos na categoria fez com que Artur Hoff largasse em quinto na Pré-Final. E, novamente competitivo e aguerrido, o brasiliense superou três pilotos para ser o segundo colocado, sua posição de largada na prova decisiva.

Na Final Artur Hoff novamente se postou entre os primeiros colocados e lutou pelo título. E após 20 voltas intensas o piloto da equipe M. O. Racing, comandada pelo preparador Miguel de Oliveira, recebeu a bandeirada em terceiro. Hoff, porém, acabaria recebendo uma punição de 20 segundos por uma irregularidade técnica – para-choque traseiro solto – e terminaria em 18º, resultado que não invalidou suas ótimas atuações.

“Estou muito feliz com os resultados que obtive, especialmente com minhas atuações”, resumiu Artur Hoff. “Estive sempre entre os primeiros em todas as corridas de duas categorias em que o nível técnico dos pilotos é muito elevado, conquistei um pódio e aprendi muitas lições. Tenho muito a agradecer à M. O. Racing, ao Miguel de Oliveira, aos mecânicos João Patrício e Antônio Ribeiro, a WR Motores, ao meu ‘coach’ Olin Galli e ao meu telemetrista Giuliano Raucci”, finalizou.

KG COM Assessoria de Comunicação

Leia Mais >>>

Bernardo Gentil avalia como vitória o vice-campeonato brasileiro de kart na Júnior Menor

0 comentários

Foto: Bruno Gorski

Depois de ser destaque na principal competição do kartismo no país, piloto busca o título da Copa São Paulo Light em dezembro

Principal competição do kartismo no país, o 57º Campeonato Brasileiro reuniu cerca de 200 pilotos para a disputa das categorias do Grupo 2 na última semana no Circuito Paladino, na Paraíba. E, dentre os favoritos à conquista do título na Júnior Menor, Bernardo Gentil foi um dos principais destaques no evento.

Piloto da equipe CRG Brasil, Bernardo Gentil iniciou sua participação com quatro sessões de treinos oficiais, finalizando como o mais rápido em um deles. Depois, na tomada de tempos, um quarto lugar, apenas 2 décimos de segundos mais lento que o pole position, mostrou que o cearense radicado em Brasília (DF) seria um dos pilotos que lutaria pelo título.

Inesperado, um sexto lugar na primeira classificatória não desanimou Bernardo Gentil, que integra a equipe oficial da fabricante italiana de chassis CRG no Brasil. Depois, com um terceiro lugar na classificatória seguinte, o piloto que compete com motores preparados pela DTR Motorsport obteve o direito de largar na terceira fila do grid de largada da Pré-Final, na quinta posição.

Com bela atuação, Bernardo Gentil superou três concorrentes em uma disputa bastante acirrada e recebeu a bandeirada em segundo na Pré-Final, o que lhe deu o direito de largar em segundo na corrida decisiva, a Final.

Em outra corrida bastante disputada e tensa, onde estava em jogo o título de campeão brasileiro de uma das categorias mais importantes da base do kartismo no país, Bernardo Gentil fez uma corrida sem erros, mas sem chances de se aproximar do primeiro colocado.

Assim, ao fim de 21 voltas, Bernardo Gentil sagrava-se vice-campeão brasileiro com quase 5 segundos de vantagem sobre o terceiro colocado.

“Foi uma semana muito difícil, pois as condições da pista mudavam muito dependendo da hora do treino e, por isso, tivemos muita dificuldade de acerto no equipamento”, relembra o jovem Bernardo Gentil. “O vice-campeonato brasileiro foi uma grande vitória minha e de toda equipe, que me deu total apoio em todos os momentos. Estou muito feliz”, finalizou o piloto, que em dezembro buscará a conquista do título da Júnior Menor na Copa São Paulo Light, o principal campeonato estadual do kartismo no país.

KG COM Assessoria de Comunicação

Leia Mais >>>

<< Videos Youtube >>
______________________________


<< Nosso Instagram >>
______________________________


<< Nossa Fanpage >>
______________________________