segunda-feira, 2 de novembro de 2020

Irmãos Ebrahim e Neugebauer ficam em 4.º na categoria P1

0 comentários

Foto: Rodrigo Ruiz

A quarta etapa da Império Endurance Brasil 2020, foi debaixo de muita chuva para o trio Wagner Ebrahim, Werner Neugebauer e Fábio Ebrahim, durante as Quatro Horas de Goiânia, realizada neste sábado (31/10), no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia (GO). Com o Ginetta G58 com motor da Giaffone Racing, Fábio, Werner e Wagner realizaram boa prova, apesar da chuva, superando as adversidades com a pista escorregadia e rodadas de muitos carros, com várias intervenções do Safety Car, para a retirada dos veículos acidentados. A prova foi encerrada com Safety Car por causa da pista sem visibilidade e muito escorregadia.

Fábio Ebrahim foi para a largada, partindo da última posição do grid (25.º lugar) e desde o início tentou imprimir um ritmo forte de corrida, dentro do possível e foi ganhando posições. Com 10 voltas era o 11.º colocado e essa posição foi alternando por causa da falta de visibilidade devido à forte chuva que caiu em Goiânia durante todo o dia. No seu “stint”, Fábio ganhou 12 posições, passou por três Safety Car e com 31 voltas de prova, foi para os boxes para a primeira troca de pilotos e reabastecimento, passando o carro para Werner Neugebauer.

Werner Neugebauer assumiu o comando do Ginetta G58, retornando à pista na 12.ª colocação, num momento em que todas as equipes foram para os boxes. Na 33.ª volta, assumiu a nona posição e na 43.ª passagem já era o 10.º colocado, onde se manteve tranquilo por algum tempo, administrando a sua corrida. Na 57.ª volta, Werner era o oitavo colocado na Geral e quarto na categoria P1. Werner fez uma boa passagem no seu “stint”, conseguindo andar rápido com pista escorregadia e pouca visibilidade. Aproveitou mais uma intervenção do Safety Car para ir aos boxes, na 61.ª volta, para realizar o reabastecimento e a troca de pilotos, passando o carro para Wagner Ebrahim.

O piloto Wagner Ebrahim foi para o seu “stint”, também com muita chuva e manteve o Ginetta G58 na 12.ª posição na Geral e 4.º na categoria P1, até a volta 67, quando a prova foi interrompida com bandeira vermelha por causa da chuva. Os carros ficaram parados na reta do Autódromo Ayrton Senna por cerca de meia hora e foi reiniciada com Safety Car. Quando estava para ser dada a relargada, a chuva aumentou e o Safety Car ficou para garantir a segurança dos pilotos. Com 88 voltas o diretor de prova encerrou a prova, após completar 75% da corrida, pois não havia mais condições de prosseguir a disputa.

“Nós lamentamos o encerramento da prova por causa da chuva, mas entendemos a decisão dos Comissários Desportivos, porque com pouca visibilidade e pista escorregadia não havia segurança para os pilotos”, disse Fábio Ebrahim. “Foi um bom aprendizado correr com o protótipo Ginetta G58. Ele é muito rápido e se fosse com pista seca, certamente brigaríamos pelas primeiras posições”, argumentou Werner Neugebauer. “Dessa vez o tempo não ajudou e eu andei muito pouco hoje, mas vamos para a próxima corrida em casa, no AIC, em busca da vitória”, concluiu Wagner Ebrahim.

- Resultado final -

Após a bandeirada final, com 88 voltas completadas, os 12 primeiros da 4.ª etapa da Imperial Endurance Brasil 2020 foram: 1.º) Xandinho Negrão/Andreas Matheis/Xandy Negrão (GT3 – Mercedes-AMG), 88 voltas em 3h15min30s761; 2.º) Marcel Visconde/Ricardo Maurício (GT3 - Porsche 911), a 3s380; 3.º) Pedro Queirolo/David Muffato (P1 - AJR), a 1 volta; 4.º) Fábio Abrunhosa/Lucas Foresti/Luiz Ferrari (GT4 – McLaren), a 1 volta; 5.º) Tiel Andrade/Júlio Martini/Paulo Souza (P1 – AJR), a 1 volta; 6.º) Sérgio Ribas/Guilherme Ribas/Júlio Campos (GT3L – Aston Martin), a 2 voltas; 7.º) André Moraes/Cássio H. Mello (GT4 – Mercedes), a 2 voltas; 8.º) Henrique Assunção/Anderson Toso/Fernando Fortes (P1 – AJR), a 3 voltas; 9.º) Felipe Tozzo/renan Guerra (GT4L – Ginetta GT4), a 3 voltas; 10.º) Monteiro/Alcaraz/Hellmeister (GT4L – Ginetta GT4), a 3 voltas; 11.º) Fábio Ebrahim/Werner Neugebauer/ Wagner Ebrahim (P1 – Ginetta G58), a 4 voltas; e 12.º) Aldoir Sette/Bruno Smielevski (P3 - MRX), a 5 voltas. A 5.ª etapa da Império Endurance Brasil está marcada para o dia 28 de novembro, com as Quatro Horas de Curitiba, em Pinhais (PR).

MRT – Marketing Racing Team
(41) 99957-2908 – bisponeto@terra.com.br

Deixe seu comentário