quarta-feira, 15 de julho de 2020

Pódio em 2019 na Hungria, Enzo Fittipaldi aposta em melhor rendimento da equipe em Budapeste

0 comentários
Foto: Dutch Photo Agency
Piloto vice-campeão da F3 Regional em 2019, Enzo Fittipaldi conseguiu três pódios na Hungria no ano passado e agora volta ao circuito de Hungaroring na FIA F3; brasileiro acredita que os pneus macios devem funcionar bem no carro neste final de semana

A terceira rodada dupla da FIA F3 será disputada neste final de semana na Hungria, local onde Enzo Fittipaldi se destacou no ano passado com três pódios em três provas na Fórmula 3 Regional. Agora em uma nova categoria, na preliminar da F1, e com um carro ainda mais potente, o piloto brasileiro espera voltar a andar no pelotão da frente com a equipe HWA Racelab.

“Estou otimista para essa etapa em Budapeste. No ano passado eu corri pela primeira vez aqui e consegui três pódios na rodada da F3 Regional, mas ao mesmo tempo eu sei que nós precisamos ter uma melhora de desempenho, especialmente por conta das dificuldades com o aquecimento dos pneus dianteiros. A categoria utilizou os compostos duros na etapa passada e o rendimento do carro foi abaixo do que aconteceu quando andamos com os macios na primeira etapa. A vantagem é que na Hungria voltaremos a usar os compostos com os quais andamos forte na estreia”, que tem apoio de Baterias Moura, Claro, Traxalt, Airbit e PLGG

Campeão da F4 Italiana em 2018 e vice-campeão na Fórmula Regional em 2019, Enzo segue trabalhando com a Academia da Ferrari. O piloto tem acelerado nos mesmos finais de semana da F1, já que a FIA F3 é uma das categorias preliminares do evento. O campeonato tem 30 pilotos e Enzo estreou na Áustria com um top-10 após duas boas corridas de recuperação, conquistando assim seus primeiros pontos no campeonato.

“Eu me entrosei muito rapidamente com a equipe HWA Rabelab, que tem uma boa estrutura. Sobre o carro da F3, ele depende muito do bom rendimento dos pneus para conseguir fazer o setup funcionar. Não adianta mexer muito no ajuste do carro se o pneu não estiver na temperatura e pressão ideais. Se acertarmos isso, temos totais condições de andar no top-5, já que mais de 20 carros andaram no mesmo segundo de volta no treino classificatório da etapa passada”, diz o neto de Emerson Fittipaldi.

Os treinos em Hungaroring começam na manhã desta sexta-feira, a partir das 4h35 (horário de Brasília). O classificatório será no mesmo dia às 9h05 e a primeira corrida está programada para o sábado às 5h25. A segunda prova, no domingo, tem largada prevista para 4h45 da manhã. As duas provas terão 22 voltas.

Deixe seu comentário