quinta-feira, 5 de março de 2020

Segundo no último treino, Felipe Drugovich encerrou a 1ª série de testes coletivos da Fórmula 2

0 comentários
Foto: Dutch Photo Agency
Categoria testou em Sakhir, no Bahrein, onde terá a abertura do campeonato entre 20 e 22 de março como preliminar da Fórmula 1

A temporada de estreia do brasileiro Felipe Drugovich na Fórmula 2, o último degrau para os pilotos que têm como objetivo chegar na Fórmula 1, começou no Bahrein com a primeira série de testes coletivos para a categoria. Em três dias de pista aberta, a Fórmula 2 utilizou o mesmo circuito que receberá sua rodada de abertura entre os dias 20 e 22 de março para que suas equipes e pilotos iniciassem seus trabalhos para a temporada.

Integrando a equipe holandesa MP Motorsport, Felipe Drugovich teve belo aproveitamento nos seis treinos realizados entre o domingo (1º) e a terça-feira (3). “O foco desde o primeiro dia era entender e melhorar o setup do carro com as novas rodas e pneus, de 18 polegadas, que a Fórmula 2 adotou para 2020. E também trabalhar outros upgrades, tais como mais downforce e mais potência de motor que a categoria impôs para compensar o peso extra destas novas rodas e pneus, de aproximadamente 40 quilos”, explicou Drugovich, nascido em Maringá (PR).

Alternando os seis treinos entre buscar ser rápido com momentos em que testavam ajustes e simulações de corrida, Felipe Drugovich chegou a resultados interessantes para o desenvolvimento e acerto de seu carro. Regular nos momentos em que testava ajustes e efetivamente rápido quando este era o objetivo, o paranaense se destacou, finalizando o último treino em 2º, apenas 72 milésimos de segundo mais lento que o primeiro colocado, o experiente Luca Ghiotto, que fará sua quarta temporada na Fórmula 2.

No resultado combinado dos seis treinos, Felipe Drugovich encerrou a primeira série de testes coletivos com a 3ª posição, atrás apenas do próprio Ghiotto e do indiano Jehan Daruvala e à frente de 19 pilotos de várias partes do mundo.

“Tínhamos um limite de pneus disponíveis, seis jogos duros e dois jogos macios, e era necessário saber administrar o momento de usá-los dentro de todo o planejamento”, relembra o piloto de 19 anos. “Acho que foram três dias muito positivos, mas uma série de testes ainda é pouco para todas as equipes. Todos iremos para a primeira etapa entendendo que fizemos o certo, mas isto só se confirmará na corrida e na segunda série de testes, em Barcelona em abril”, completa.

Para Felipe Drugovich, suas expectativas e as da equipe MP Motorsport para os testes no Bahrein foram alcançadas. “Um dos objetivos era ‘chegar mais perto’ do meu companheiro de equipe, que é mais experiente e isso também foi alcançado”, conta Drugovich, referindo-se ao japonês Nobuharu Matsushita, 26 anos, que em 2019 disputou a Fórmula 2 pela equipe Carlin. “Para a classificação o carro está muito bom, mas em simulação de corrida ainda precisamos melhorar um pouco”, resumiu.

Composta por 12 rodadas duplas, a Fórmula 2 é disputada no mesmo final de semana das provas da Fórmula 1. “A projeção depois destes resultados é continuarmos melhorando o carro, ainda temos muitas coisas novas pela frente. As corridas, é claro, são muito diferentes dos testes, são longas, inclusive com pit-stop. Então tenho que me acostumar a tudo isto, a essas novidades, para chegar a um bom nível o mais rápido possível”, finaliza Felipe Drugovich.

Felipe Drugovich tem o apoio de Drugovich Auto Peças, que atua no ramo de peças para caminhões e ônibus, e da Noma, destaque no segmento de implementos rodoviários.

O calendário da Fórmula 2 FIA para 2020:
Testes
7 a 9 de abril – Barcelona, Espanha (ESP)

Campeonato
1ª etapa – 20 a 22 de março – Sakhir, Bahrein
2ª etapa – 01 a 03 de maio – Zandvoort, Holanda
3ª etapa – 08 a 10 de maio – Barcelona, Espanha
4ª etapa – 21 a 23 de maio – Monte Carlo, Mônaco
5ª etapa – 05 a 07 de junho – Baku, Azerbaijão
6ª etapa – 03 a 05 de julho – Spielberg, Áustria
7ª etapa – 17 a 19 de julho – Silverstone, Inglaterra
8ª etapa – 31 de julho a 02 de agosto – Budapeste, Hungria
9ª etapa – 28 a 30 de agosto – Spa-Francorchamps, Bélgica
10ª etapa – 04 a 06 de setembro – Monza, Itália
11ª etapa – 25 a 27 de setembro – Sochi, Rússia
12ª etapa – 27 a 29 de novembro – Yas Marina, Abu Dhabi

KG COM Assessoria de Comunicação
Erno Drehmer (MTb/RS 14.706)

Deixe seu comentário