quarta-feira, 12 de junho de 2019

Augusto Farfus disputa 24 Horas de Le Mans no encerramento da Super Temporada 18/19 do WEC

0 comentários
Foto: BMW
Brasileiro se prepara para um verdadeira maratona nas próximas semanas. Depois de correr pela segunda vez consecutiva em La Sarthe, Farfus compete nas 24 Horas de Nürburgring e no WTCR no mesmo evento

Augusto Farfus terá um mês de junho extremamente agitado dentro das pistas. Neste fim de semana (15 e 16 de junho), o brasileiro disputa as 24 Horas de Le Mans, na prova que marca o encerramento da Super Temporada 2018/2019 do WEC (Campeonato Mundial de Endurance) e também a despedida da BMW do campeonato. Já na semana seguinte, ele segue para Nürburgring, onde corre mais uma tradicional prova de 24 Horas e também participa da etapa do WTCR no mesmo evento. Por conta dessa maratona, a preparação do curitibano foi intensa, e a expectativa de bons resultados também é grande.

Essa será a quarta vez de Farfus nas 24 Horas de Le Mans, sendo a segunda consecutiva, ambas válidas pelo campeonato atual do WEC, na qual a BMW contou dois carros no grid da categoria LMGTE Pro. Augusto foi um dos pilotos responsáveis pelo desenvolvimento da BMW M8 GTE desde o início do projeto, participando de todos os treinos de longa duração e também de outras provas com o modelo, com destaque para a vitória nas 24 Horas de Daytona, em janeiro deste ano. Por isso, o brasileiro lamentou o encerramento deste programa para a montadora bávara, mas também se mostrou animado com os próximos desafios. A BMW M8 GTE seguirá competindo regularmente no IMSA WeatherTech SportsCar Championship, nos Estados Unidos.

Com a entrada da BMW na WEC em 2018, Farfus foi escalado pela montadora para formar a dupla titular do carro #82 ao lado do português António Félix da Costa. Por conta de alguns conflitos de datas com o calendário do DTM - que ele competia no ano passado -, o brasileiro participou de cinco das oito etapas da temporada, que contou, além de duas edições das 24 Horas de Le Mans (França), com duas provas de 6 Horas de Spa-Francorchamps (Bélgica), as 6 Horas de Silverstone (Inglaterra), 6 Horas de Fuji (Japão), 6 Horas de Shangai (China) e 1000 Milhas de Sebring (Estados Unidos).

No lendário circuito de Le Mans - que tem 13,626 quilômetros de extensão e 38 curvas -, Farfus correrá pela equipe BMW Team MTEK ao lado de Félix da Costa e do finlandês Jesse Krohn - que fará sua estreia em La Sarthe. Essa será a 87ª edição da prova, que tem um total de 186 pilotos inscritos em 62 carros, sendo 17 deles na categoria LMGTE Pro.

As atividades da etapa acontecem ao longo de toda a semana, e tiveram início nesta segunda-feira, com a verificação técnica realizada tradicionalmente no centro da cidade francesa e, na terça, aconteceu a sessão de autógrafos para o público e também o briefing de pilotos com a organização. Os carros vão à pista pela primeira vez nesta quarta-feira. O grid de largada da prova será definido após três sessões classificatórias,entre quarta e quinta-feira. No sábado (15), a prova terá largada às 10h (horário de Brasília).

A prova terá transmissão ao vivo pelo canal Fox Sports nos seguintes dias e horários:
Sábado (15): Largada (10h) às 16h / 23h30 às 00h
Domingo (16): 8h às 10h (final)

Augusto Farfus:

“Le Mans é a principal corrida do ano para todos os pilotos de GT, é uma semana longa, em que as atividades começam no domingo anterior à prova. Na quarta-feira, começam de fato os treinos. Vai ser uma prova especial para toda a equipe BMW, por representar o fim deste programa para a montadora. Para mim também, que estive envolvido desde o começo do desenvolvimento da BMW M8 GTE, venci as 24 Horas de Daytona com esse carro, e participei de todos os treinos de longa duração. Então é um momento único, mas estamos muito preparados e encarando esse desafio com muita vontade de brigar por um bom resultado.

Eu e o António (Félix da Costa) corremos o ano todo juntos, e o Jesse (Krohn) também corre nos Estados Unidos com esse carro, o conhece muito bem. Então por mais que o clima seja instável até o início da prova, a previsão durante a corrida é de clima seco, e apesar do BoP não ser favorável, temos um conjunto que espera poder brigar pela vitória. O público aparece em massa, e estamos com gás total para dar tudo o que temos nesta despedida do campeonato”.

Deixe seu comentário