segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Sergio Jimenez sobe no pódio do Jaguar I-PACE eTROPHY e embola disputa pela liderança do campeonato

0 comentários
Foto: José Mario Dias
Piloto do Jaguar Brazil Racing conquistou seu segundo pódio consecutivo, desta vez no México, e está apenas um ponto da liderança do campeonato; Cacá Bueno foi o quarto colocado mesmo após levar um toque de adversário

A segunda prova do Jaguar I-PACE eTROPHY foi disputada neste sábado no México e Sergio Jimenez conquistou seu segundo pódio, nesta que é a primeira competição mundial de carros de turismo elétricos. O piloto do Jaguar Brazil Racing largou da sétima posição e conseguiu fazer uma boa prova para completar em terceiro lugar.

“Depois do treino livre, a expectativa era lutar pela vitória, mas saímos com mais um pódio e estamos próximos da ponta do campeonato. A pista mudou muito de ontem para hoje, oq eu atrapalhou na classificação. Conseguimos mudar o setup para a corrida, o que melhorou bastante o carro, mas não foi suficiente para lutar pela vitória. O incidente do Cacá (Bueno) com o (Salvador) Duran foi bem na minha frente e eu tive um pouco de sorte de escolher a linha certa e sair da confusão em terceiro lugar, mas já estava muito longe dos dois primeiros. Para o campeonato foi bom, afinal estamos a um ponto da liderança. Agora o foco é chegar na parte europeia da temporada em primeiro lugar”, diz Jimenez, que foi o mais rápido no treino livre da sexta-feira.

Com o resultado no Autódromo Hermanos Rodriguez, Jimenez soma 26 pontos e está apenas um ponto da líder do campeonato, a britânica Katherine Legge, vencedora da prova deste sábado. Simon Evans, da Nova Zelândia, foi o segundo na corrida do México e está empatado na segunda posição da tabela com o brasileiro.

Integrante também do Jaguar Brazil Racing, Cacá Bueno repetiu o quarto lugar conquistado na Arábia Saudita, mas desta vez precisando passar por uma corrida bem mais tumultuada. O pentacampeão da Stock Car largou na quinta posição e, na tentativa de ultrapassar o convidado Salvador Durán, recebeu um toque e foi parar no softwall, uma espécie de muro que amortece o impacto com o carro. Apesar disso, Cacá não desistiu, seguiu na prova e ainda chegou na quarta posição.

“Foi um fim de semana duro. Nunca alinhei para fazer número e, neste fim de semana, aqui no México, foi assim que me senti. Meu carro tem, comprovadamente, um problema que me faz perder velocidade nas retas. Mesmo podendo trocar de carro, por regulamento, não me foi permitido. Isso me fez classificar em quinto, quando poderia estar lutando pelas primeiras colocações. Sabia que tinha que forçar para conseguir um bom resultado e foi o que eu fiz no início da prova. Só não esperava um comportamento absurdo de um piloto profissional como o Salvador Durán, que bateu no meio do meu carro e me tirou qualquer possibilidade de um resultado melhor. Vamos ver se as coisas mudam para as duas etapas na Ásia para começar o campeonato, para valer”, diz Cacá, que é o quinto colocado no campeonato com 16 pontos.

O Jaguar Brazil Racing, que tem patrocínio de Jaguar, ZEG Energia Renovável e iCarros, disputará a próxima etapa do campeonato em 10 de março na pista de Hong Kong, mais um local que também receberá a Fórmula E no mesmo final de semana.

Classificação do campeonato (top-5):

1) Katherine Legge (GBR) – 27 pontos
2) Sergio Jimenez (BRA) – 26
3) Simon Evans (NZL) – 26
4) Bryan Sellers (EUA) – 26
5) Cacá Bueno (BRA) – 16

Deixe seu comentário