terça-feira, 1 de maio de 2018

Endurance: Senna abre luta por novo título mundial

0 comentários
Foto: Divulgação
Supertemporada do WEC começa neste sábado com as 6 Horas de Spa

Atual campeão da divisão LMP2, Bruno Senna inicia neste fim de semana um novo desafio em sua carreira: a luta pelo título da LMP1, a mais renomada das quatro séries que compõem o Campeonato Mundial de Endurance – FIA WEC. As 6 Horas de Spa, com largada prevista para as 8h30 (Brasília) deste sábado e transmissão ao vivo pelo Fox Sports 2, abrirá o calendário da inédita supertemporada da categoria que só será concluído com as 24 Horas de Le Mans de 2019.

Bruno integra o fortíssimo trio da Rebellion Racing completado pelo alemão Andre Lotterer e pelo suíço Neel Jani, que se revezarão a bordo do protótipo Oreca-Gibson de número 1. “Nosso time é muito bom e formado por pilotos experientes. Nesse aspecto, estou bastante tranquilo. O carro também se comportou muito bem nos testes gerais em Paul Ricard, apesar de ser bastante novo e ainda precisar de desenvolvimento. É o que vamos fazer cada vez mais de agora em diante”, explicou.

Os treinos coletivos na França, como era esperado, revelaram a superioridade da Toyota, a única fábrica oficialmente presente ao campeonato. No confronto com as equipes independentes, no entanto, a suíço-britânica Rebellion mostrou força. Depois, outra bateria de ensaios em Magny-Cours, também na França, indicou que o time está com um nível de competitividade bastante aceitável. “Aproveitamos também para treinar os procedimentos. Até agora completamos praticamente a metade da duração de uma prova como Le Mans, o que aumenta nossa confiança. A verdade é que este campeonato promete ser muito bom.”

Bruno imagina que, dos oito carros das equipes particulares, os principais oponentes deverão ser os russos da SMP. “Não deu para sentir o real potencial deles em Paul Ricard porque aparentemente esconderam um pouco o jogo. Mas a SMP tem bons pilotos e vai ficar ainda mais encorpada quando o Jenson Button começar a correr”, avaliou. Além dele, outros três brasileiros estarão na Bélgica: Pietro Fittipaldi, pela Dragon Speed (LMP1); André Negrão, pela Signatech Alpine (LMP2); e Tony Kanaan, pela Chip Ganassi (GTE Pro). No total, 37 carros estão inscritos.

As atividades de pista serão abertas nesta quinta-feira, às 7 horas, com a primeira das duas sessões de treinos de 90 minutos do dia.

Márcio Fonseca (MTb 14.457)

Deixe seu comentário