quarta-feira, 15 de março de 2017

Rotax anuncia formato de disputa das vagas das Olimpíadas do Kart

0 comentários
Foto: MSI
Serão 10 vagas distribuídas em sete categorias. Copa Rotax e Festival Brasileiro serão os eventos principais

A Mach5 Karting, detentora dos direitos da Rotax no Brasil, anunciou na última sexta-feira (10), como serão distribuídas as vagas para o Rotax Max Challenge Grand Finals, conhecido como as Olimpíadas do Kart, que será disputada em novembro, em Portugal.

No total, serão dez vagas distribuídas em sete categorias, da seguinte forma: Micro Max, Mini Max, Junior Max, Rotax Max e Rotax Max Masters, com uma vaga cada. Já a DD2 terá duas vagas e a DD2 Masters, 3. "Desde 2011, que é quando fizemos a primeira temporada no Brasil, o desejo pelas vagas das Olimpíadas tem aumentado. Já que a única forma de estar no Grand Finals é garantindo uma vaga, os pilotos se preparam muito para isso. Vai ser um grande ano", disse Wilton Santos Junior, da Mach5 Karting.

Basicamente, as vagas seguem o mesmo formato de disputa e distribuição da temporada anterior. As duas competições que credenciam os pilotos para a disputa são a Copa Rotax e o Festival Brasileiro Rotax. A Copa Rotax será disputada em três etapas, com a primeira em 6 de maio, a segunda em 3 de junho e a terceira em 19 de agosto, sendo todas elas no Kartódromo Granja Viana. O Festival Brasileiro de Kart ainda não tem data definida, mas a expectativa é de que será anunciado em breve. "Estamos trabalhando nas melhores possibilidades para o Festival Brasileiro. Estamos avaliando as datas e, em breve, divulgaremos", disse Wilton Junior.

O formato de disputa das vagas será o seguinte:
- Categorias de uma vaga (Micro, Mini, Junior, Max, Max Masters): Somatória da Copa Rotax + Festival Brasileiro Rotax.
- Categoria DD2 (2 vagas): primeira vaga (Somatória da Copa Rotax + Festival Brasileiro; segunda vaga (Campeão do Festival Brasileiro).
- Categoria DD2 Masters (3 vagas): primeira vaga (Campeão da Copa Rotax)); segunda vaga (Somatória da Copa Rotax + Festival Brasileiro); terceira vaga (Campeão do Festival Brasileiro).

Outra novidade é em relação aos pneus que serão utilizados nas categorias DD2 e DD2 Masters. "Neste ano, optamos em utilizar os pneus MG Amarelos. Desta forma, a categoria ficou ainda mais rápida e extremamente competitiva", disse Wilton.

O Time Brasil 2017 será composto por dez nomes, vindos destas sete categorias. Porém, devido ao calendário internacional, novos pilotos podem integrar a delegação brasileira em Portugal. "Neste ano temos o Sul-Americano na Colômbia, além do tradicional Florida Winter Tour que está na reta final. Certamente, teremos mais brasileiros".

"Muitos me perguntam qual o valor investido em cada vaga para os brasileiros. Como não é uma competição onde o piloto quer correr, paga uma quantia e se inscreve, esses valores acabam ficando "de fora". Para levar dez pilotos para o Grand Finals, nossa conta é, em média, de 40 mil reais por piloto. Como são 10 competidores, podemos dizer que investimos quase meio milhão de reais. Ou seja, o dono da vaga, além de disputar o título mundial, economiza 40 mil reais. É o maior premio do kartismo brasileiro", explica Wilton Junior.

Neste final de semana, a Rotax estará na pista com a realização da segunda etapa do RMC Brasil São Paulo, no Kartódromo Granja Viana, em Cotia (SP).

Redes Sociais
Facebook: www.facebook.com/RotaxMaxBrasil

Assessoria de Imprensa Oficial Rotax Brasil e Paraguai
WNGMKT. | Relacionamento com a Imprensa
Fone: 55 (48) 3374-8719
E-mail: imprensa@grupowng.com.br

Deixe seu comentário