quarta-feira, 8 de junho de 2016

Stock Car: Rafael Suzuki completa etapa de Santa Cruz do Sul em 8º e sobe no campeonato

0 comentários
Foto: Rafael Gagliano
Representante maranhense fez estratégia ousada, completou as duas corridas sem reabastecer e, com quarto top-10 consecutivo em quatro etapas, somou 15 pontos. Agora, Suzuki é o 14º na classificação geral da Stock Car

Com o novo regulamento da Stock Car nesta temporada, na qual o pit-stop não é mais obrigatório, a gama de possibilidades de estratégia para pilotos e equipes é muito maior. Assim, Rafael Suzuki tirou vantagem de uma estratégia ousada para somar bons pontos nas duas corridas da etapa de Santa Cruz do Sul, disputadas neste domingo (5). Com o 16º lugar na corrida 1 e o 8º na corrida 2, o representante maranhense somou 15 pontos para o campeonato e subiu para a 14ª posição na classificação geral.

O circuito do interior gaúcho sediou dois dias de intensa atividade da 4ª etapa da temporada, sob baixíssimas temperaturas. No sábado pela manhã, aconteceram dois treinos livres, que Suzuki completou em 8º e 13º, respectivamente. Nas três voltas de classificação, o piloto da Geolab Racing garantiu o 16º melhor tempo. Mesmo com a posição de largada no meio do pelotão, Rafael optou por uma estratégia diferente da grande maioria do grid, para que não fosse necessário entrar nos boxes para reabastecimento em nenhum momento.

Suzuki largou de boxes na primeira corrida do dia, e veio economizando combustível, pneus e os botões de ultrapassagem ao longo de toda a prova. Conforme os outros pilotos fizeram o pit-stop para reabastecimento, Rafael foi ganhando posições e completou as 33 voltas em 16º, somando 8 pontos. O vencedor da prova foi Felipe Fraga, que saiu da pole position.

Já na segunda corrida, o piloto maranhense fez uma boa largada e também se aproveitou do fato de que alguns pilotos à sua frente tiveram de parar nos boxes para reabastecer. Mesmo com o extrator traseiro danificado após levar uma batida na largada, Suzuki terminou a corrida em 8º e somou mais 7 pontos. A vitória ficou com Max Wilson.

Com os resultados deste domingo, Rafael Suzuki tem 43 pontos no total e ocupa a 14ª posição, empatado com Allam Khodair, a apenas 10 pontos do top-5. Ele foi o 10º maior pontuador da rodada dupla e conquistou o quarto top-10 em quatro etapas. O líder do campeonato é Felipe Fraga, com 86.

A Stock Car volta a se reunir em três semanas, entre os dias 25 e 26 de junho, novamente no Rio Grande do Sul, no Autódromo de Tarumã. Antes disso, Suzuki terá uma missão especial, pois será um dos condutores no Revezamento da Tocha Olímpica, no dia 14 de junho, na cidade de Imperatriz, no Maranhão.

Rafael Suzuki é patrocinado pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel), pela Lei Estadual de Incentivo ao Esporte.

Rafael Suzuki:

"Tivemos mais uma boa etapa em Santa Cruz do Sul. É dessa forma que queremos estar, pontuando com regularidade e tirando o máximo das nossas possibilidades. Hoje optamos por uma estratégia ousada, considerando a minha posição no grid que não era ruim, mas que valeu muito a pena, e com um trabalho ótimo da equipe, conseguimos pontuar nas duas corridas. Foi uma corrida mais de cabeça do que agressividade. Saio satisfeito dessa etapa, com o sentimento que fizemos o máximo possível, estamos no caminho certo, e vamos seguir trabalhando para evoluir ainda mais".

RESULTADOS

Corrida 1
1-) 88 Felipe Fraga (Cimed Racing) - 33 voltas em 47min21s925 (média de 147,5 km/h)
2-) 18 Allam Khodair (Full Time Sports) - a 1s118
3-) 29 Daniel Serra (Red Bull Racing) - a 24s006
4-) 80 Marcos Gomes (Cimed Racing) - a 26s197
5-) 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) - a 33s021
6-) 51 Átila Abreu (Shell Racing) - a 34s199
7-) 83 Gabriel Casagrande (C2 Axalta Racing) - a 36s419
8-) 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) - 38s363
9-) 73 Sergio Jimenez (Cavaleiro Sports) - a 40s051
10-) 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) - a 40s668
11-) 4 Julio Campos (C2 Axalta Racing) - a 48s321
12-) 12 Lucas Foresti (Full Time-ProGP) - a 51s024
13-) 70 Diego Nunes (União Química Racing) - a 57s141
14-) 9 Guga Lima (TMG Racing) - a 58s592
15-) 74 Popó Bueno (Cavaleiro Sports) - a 59s084
16-) 8 Rafael Suzuki (Geolab Racing) - a 1min21s755
17-) 28 Galid Osman (Ipiranga-RCM) - a 1 volta
18-) 0 Cacá Bueno (Red Bull Racing) - a 1 volta
19-) 21 Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) - a 1 volta
20-) 26 Raphael Abbate (Hot Car Competições) - a 1 volta
21-) 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) - a 1 volta
22-) 65 Max Wilson (Eurofarma RC) - a 1 volta
23-) 3 Bia Figueiredo (União Química Racing) - a 2 voltas
24-) 77 Valdeno Brito (TMG Racing) - a 8 voltas
Não completaram:
25-) 110 Felipe Lapenna (Hot Car Competições) - a 15 voltas
26-) 66 Felipe Guimarães (Full Time-ProGP) - a 16 voltas
27-) 63 Nestor Girolami (Eisenbahn Racing Team) - não completou
28-) 5 Denis Navarro (Geolab Racing)

Corrida 2
1-) 65 Max Wilson (Eurofarma RC) - 22 voltas em 30min58s829 (média de 150,4 km/h)
2-) 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) - a 3s690
3-) 66 Felipe Guimarães (Full Time-ProGP) - a 3s984
4-) 26 Raphael Abbate (Hot Car Competições) - a 26s227
5-) 28 Galid Osman (Ipiranga-RCM) - a 27s021
6-) 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) - a 31s732
7-) 0 Cacá Bueno (Red Bull Racing) - a 39s643
8-) 8 Rafael Suzuki (Geolab Racing) - a 40s234
9-) 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) - a 41s353
10-) 51 Átila Abreu (Shell Racing) - a 46s932
11-) 12 Lucas Foresti (Full Time-ProGP) - a 48s050
12-) 29 Daniel Serra (Red Bull Racing) - a 52s418
13-) 77 Valdeno Brito (TMG Racing) - a 53s008
14-) 83 Gabriel Casagrande (C2 Axalta Racing) - a 1min00s002
15-) 88 Felipe Fraga (Cimed Racing) - a 1min00s585
16-) 9 Guga Lima (TMG Racing) - a 1min01s954
17-) 73 Sergio Jimenez (Cavaleiro Sports) - a 1 volta
18-) 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) - a 2 voltas
Não completaram:
19-) 21 Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) - a 7 voltas
20-) 4 Julio Campos (C2 Axalta Racing) - a 7 voltas
21-) 5 Denis Navarro (Geolab Racing) - a 8 voltas
22-) 110 Felipe Lapenna (Hot Car Competições) - a 9 voltas
23-) 18 Allam Khodair (Full Time Sports) - a 10 voltas
24-) 74 Popó Bueno (Cavaleiro Sports) - a 17 voltas
25-) 3 Bia Figueiredo (União Química Racing) - não largou
26-) 63 Nestor Girolami (Eisenbahn Racing Team) - não largou
27-) 70 Diego Nunes (União Química Racing) - excluído*
28-) 80 Marcos Gomes (Cimed Racing) - excluído*
*Excluídos por irregularidade no procedimento de abastecimento

CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO

1-) Felipe Fraga - 86 pontos
2-) Marcos Gomes - 79
3-) Átila Abreu - 70
4-) Rubens Barrichello - 66
5-) Daniel Serra - 65
6-) Cacá Bueno - 57
7-) Ricardo Maurício - 57
8-) Diego Nunes - 55
9-) Max Wilson - 54
10-) Valdeno Brito - 52
11-) Ricardo Zonta - 51
12-) Vitor Genz - 48
13-) Allam Khodair - 43
14-) Rafael Suzuki - 43
15-) Galid Osman - 42
16-) Felipe Guimarães - 41
17-) Denis Navarro - 37
18-) Sérgio Jimenez - 36
19-) Thiago Camilo - 31
20-) Julio Campos - 28
21-) Gabriel Casagrande - 26
22-) Lucas Foresti - 19
23-) Guga Lima - 16
24-) Popó Bueno - 14
25-) Bia Figueiredo - 13
26-) Raphael Abbate - 12
27-) Luciano Burti - 11
28-) Nestor Girolami - 5
29-) Felipe Lapenna - 5
30-) Fábio Carbone - 2
31-) César Ramos - 0
32-) Beto Cavaleiro - 0
33-) Alceu Feldman - 0
34-) Thiago Marques - 0

Deixe seu comentário