domingo, 8 de maio de 2016

Presidente da FAEM participa de reunião da FIA na Suíça e faz balanço sobre automobilismo no MA

0 comentários
Foto: Divulgação
Giovanni Guerra é o representante brasileiro na Comissão Internacional de Kart, que discute na próxima semana assuntos importantes visando a temporada 2017. Além disso, o dirigente comemorou conquistas recentes dos pilotos do Maranhão e fortalecimento do esporte no Estado

Nomeado em dezembro do ano passado para ser o representante da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) na CIK-FIA, órgão responsável pelo kart dentro da Federação Internacional de Automobilismo, Giovanni Guerra terá seu primeiro compromisso oficial na função e vai participar de uma importante reunião da Comissão Internacional de Kart (CIK) na próxima terça-feira (10/05), em Genebra, na Suíça.

No evento, serão abordadas diversas questões sobre a modalidade em todo o mundo, tais como regulamentos e homologações, calendário para 2017, competições, prêmios, entre outros itens. A reunião deve reunir representantes de mais de 30 países.

"É uma grande responsabilidade representar a CBA na CIK-FIA, pois o Brasil tem muita história e peso no automobilismo internacional. Nesse evento em Genebra serão discutidas importantes medidas para o kart, como regulamentos e calendário de competições, além de ser uma ótima oportunidade de estarmos em contato com outros países, para evoluir sempre nosso esporte", explicou Guerra, antes de embarcar de Imperatriz (MA) para a Europa.

Automobilismo no Maranhão:

Chegando a metade da temporada, Giovanni Guerra, que também é Presidente da Federação de Automobilismo do Estado do Maranhão (FAEM), fez um balanço do automobilismo no Estado e comemorou algumas conquistas da entidade e seus pilotos e o consequente fortalecimento do esporte local.

No mês passado, foi anunciado o patrocínio da Petrobras ao piloto Pedro Piquet para a disputa da Formula 3 Europeia, uma das principais categorias no caminho para a Formula 1. Através de um projeto da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, fez-se necessária a intermediação de uma entidade do automobilismo, e a FAEM foi a escolhida por ter toda a documentação obrigatória em dia.

A presença de Giovanni Guerra como dirigente fazendo a ponte entre Brasil e Europa tem aberto portas para diversos pilotos. Em 2015, Guerra pôde nomear um piloto para participar de uma Seletiva promovida pela Ferrari e pelo Banco Santander, e Murilo Colleta teve sua primeira experiência com carros de formula. Responsável pela escolha dos pilotos para a disputa do Troféu Academia da CIK-FIA - campeonato que tem o objetivo de descobrir novos talentos -, Giovanni selecionou o maranhense Henri Forest para representar o Brasil na competição, que acontece na França, Portugal e Suécia e conta com 51 pilotos de 39 nacionalidades diferentes. Já Manuel Junior foi premiado no fim de 2015 com o prêmio FIA Americas Awards, após ter vencido o Campeonato Norte-Brasileiro de Kart.

Na principal categoria do automobilismo brasileiro, a Stock Car, Rafael Suzuki é mais um expoente entre os pilotos locais. Levando a bandeira do Maranhão em seu carro, Suzuki tem sido um grande aliado de Giovanni Guerra na profissionalização do automobilismo no Estado, e também no incentivo dos pilotos locais em campeonatos de expressão nacional e internacional.

Os pilotos do Estado têm também conquistado um importante espaço em outras modalidades, como o rali - que tem o maranhense Marcelo Medeiros como bicampeão do Rally dos Sertões e participante de destaque no Rally Dakar -, além de arrancada, competições de pista e kart, entre outros.

Além de ver seus pilotos alçarem voos cada vez maiores, o objetivo da FAEM é de também trazer grandes competições para os kartódromos do Estado, como acontece anualmente com uma das provas classificatórias para a Seletiva Petrobras de Kart, o Campeonato Norte-Brasileiro em 2015 e a Copa Brasil em 2011. Os planos são audaciosos, e o trabalho vem sendo feito com muito afinco para que eles se concretizem, e assim, o automobilismo no Maranhão, em todas as suas esferas, seja cada vez mais uma referência no cenário nacional.

Deixe seu comentário