terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Moto 1000 GP: Ribodino conquista quarto lugar na etapa final em Curitiba

0 comentários
Foto: Equipe Sanderson
O companheiro Matthieu Lussiana faz corrida perfeita, vence de ponta a ponta na pista, mas é desclassificado. Com o consumo acima do previsto, a moto apresentou menos de um litro de combustível ao final da disputa, o mínimo exigido pelo regulamento

A temporada 2015 do Moto 1000 GP - Campeonato Brasileiro de Motovelocidade - chegou ao seu final neste domingo (dia 29) com a disputa da oitava etapa no autódromo internacional de Curitiba, em Pinhais (PR).

Bicampeão por antecipação na GP 1000, o francês Matthieu Lussiana, da equipe BMW Motorrad Petronas Racing, partiu da quinta posição e, após uma largada perfeita, assumiu a ponta para não perder mais e cruzar a linha de chegada em primeiro. O piloto, no entanto, foi desclassificado, após vistoria técnica, pois o tanque de sua moto tinha menos de um litro de combustível, o mínimo exigido pelo regulamento da categoria ao final da prova. De acordo com a equipe, o consumo acabou sendo acima do previsto.

Com isso, o italiano Sebastiano Zerbo herdou a vitória. O companheiro de Lussiana, o argentino Luciano Ribodino, terminou na quarta colocação.

Com cinco vitórias este ano e campeão antecipado, Lussiana lamentou o ocorrido. "Foi uma pena termos sido desclassificados ao final da disputa. Infelizmente, havia um pouco menos de um litro de combustível na moto. Mas fiquei muito feliz com o nosso desempenho na corrida. Abri uma vantagem boa, administrei e foi uma corrida top. Termino o campeonato feliz com todo o trabalho e a conquista do título", comentou o francês da BMW S 1000 RR #1.

Já Ribodino tinha tudo para lutar por uma posição ainda melhor, mas acabou tendo problemas no início da corrida. "Tive problemas no freio e entrei no pit lane, pensando que teria de abandonar a prova, mas quando reduzi a velocidade nos boxes consegui ajustar o freio e voltei pra pista. A moto estava muito boa e, mesmo caindo para o final do pelotão, consegui recuperar várias posições", explicou o piloto da BMW S 1000 RR #3, que substituiu em quatro provas o titular Sebastian Porto, que ainda se recupera da lesão no joelho sofrida na terceira etapa da temporada. Nas quatro provas, Ribodino conquistou um pódio e terminou em sétimo na classificação.

GP Light
Na GP Light, o piloto Luciano Donato encerrou a temporada com a 14ª posição na prova deste domingo em Curitiba. O piloto da BMW S 1000 RR #19, que fez sua estreia no campeonato, foi 15º na classificação.

Confira os melhores na GP 1000 em Curitiba (Top 5):
1. Sebastiano Zerbo (ITA/Target Race Superbike Team), Kawasaki, 18 voltas
2. Wesley Gutierrez (PR/Motonil Motors-PDV Brasil), Kawasaki
3. Miguel Praia (POR/Center Moto Racing Team), Honda
4. Luciano Ribodino (ARG/BMW Motorrad Petronas Racing), BMW
5. Danilo Lewis (SP/Tecfil Racing Team), Kawasaki
Matthieu Lussiana (FRA/BMW Motorrad Petronas Racing), BMW, Desclassificado

Confira os melhores na GP Light em Curitiba (Top 14):
1. Sharbel Hajjar (PR/Tom Racing), Kawasaki, 16 voltas em 22min29s323
2. Diogo Ramos (SC/ SBK Moto Racing), Kawasaki, a 8.710
3. Jean Vieira (SC/MS Racing Team), Kawasaki, a 12.215
4. Ricardo Negretto (SP/Tecfil Racing Team), Kawasaki, a 12.394
5. Rafael Nunes (PR/ Team Suzuki-PRT), Suzuki, a 15.445
6. Henrique Castro (DF/City Service BSB Motor Racing), Kawasaki, a 28.932
7. Marcelo Dahmer (RS/ K Racing), Kawasaki, a 36.371
8. Pablo Nunes (SC/SBK Moto Racing), Kawasaki, a 54.408
9. Edson Luiz (SC/2 MT PR T), Kawasaki, a 54.893
10. Mauricio Paludete (SP/Sport Plus), BMW, a 55.594
11. Erlon Franco (MS/Target Race Superbike), Kawasaki, a 58.930
12. Pedro Lins (RJ/Center Moto Racing Team), Honda, a 59.582
13. Alexis Hay (PR/Moto 3 Racing Team), BMW, a 1:13.584
14. Luciano Donato (SP/BMW Motorrad Petronas Racing), BMW, a 1:17.990

Classificação da GP 1000 após oito etapas, com o descarte obrigatório (Top 14):
1º) Matthieu Lussiana, 156
2º) Diego Pierluigi, 116
3º) Wesley Gutierrez, 101
4º) Miguel Praia, 100
5º) 3º) Sebastiano Zerbo, 94
6º) Danilo Lewis, 52
7º) Luciano Ridodino, 51
8º) Philippe Thiriet, 50
9º) Nick Iatauro, 44
10º) Martin Solorza, 44
11º) Marco Solorza, 39
12º) Victor Moura, 39
13º) Diego Pretel, 31
14º) Sebastian Porto, 29

Classificação da GP Light - após oito etapas, com o descarte obrigatório (Top 15):
1º) Rafael Nunes, 145
2º) Marcelo Dahmer, 133
3º) Henrique Castro, 108
4º) Jean Vieira, 104
5º) Diogo Ramos, 85
6º) Ricardo Negretto, 45
7º) Edson Luiz, 43
8º) Erlon Franco, 42
9º) Marcos Ramalho, 39
10º) Pedro Lins, 39
11º) Ricardo Levy, 36
12º) Marcio Pereira, 33
13º)Marcelo Skaf, 30
14º) Pablo Nunes, 30
15º) Luciano Donato, 25

Assessoria de Comunicação/Imprensa
FGCom
Fernanda Gonçalves / Beatriz de Paula / Gabriely Menezes
(11) 4116-5509
fernanda@fgcom.com.br / beatriz@fgcom.com.br / gabriely@fgcom.com.br
www.fgcom.com.br

Deixe seu comentário