terça-feira, 10 de novembro de 2015

Stock: Argentino Giallombardo se despede da equipe Hot Car marcando pontos nas duas provas em Tarumã

0 comentários
Foto: Vanderley Soares
Piloto não poderá correr em Interlagos, em virtude da decisão do Turismo Carretera na Argentina. Atingido nas duas provas, Raphael Abbate fica fora dos pontos na pista gaúcha

Com vitórias de Allam Khodair e Cacá Bueno, o circuito de Tarumã, em Viamão (RS), recebeu neste domingo (dia 8) a 11ª e penúltima etapa da Stock Car 2015. Com um terceiro lugar na primeira prova e um 12º na corrida 2, o paulista Marcos Gomes segue na liderança da temporada, com 31 pontos de vantagem para Bueno, o único que pode tirar o título de suas mãos na etapa final, em Interlagos (SP), no dia 13 de dezembro.

Na equipe Hot Car Competições (Bardahl), o domingo foi de emoções distintas. A equipe comemorou os bons resultados do argentino Mauro Giallombardo, que marcou pontos nas duas provas, mas viu o paulista Raphael Abbate ser obrigado a abandonar, após sofrer batidas.

Giallombardo se despediu do time comandado por Amadeu Rodrigues com um 19º lugar na corrida 1 e um 11º na prova seguinte, marcando seis pontos no final de semana. O piloto não poderá correr em Interlagos, pois a data coincide com a decisão do Turismo Carretera, na Argentina, onde ele briga pelo título.

"Estou muito feliz. Gostei muito da experiência de correr na Stock Car e de todos os integrantes da equipe. Felizmente, consegui marcar pontos para a Hot Car. O Amadeu me deu uma boa oportunidade e pude aproveitar e fazer um bom trabalho com eles", comentou o piloto de 25 anos.

Na segunda prova, Giallombardo partiu da 19ª posição e fechou a primeira volta em oitavo. Não fosse uma batida, numa disputa com Ricardo Zonta, teria terminado entre os Top 10. "Foi uma largada complicada, tentei aproveitar os buracos que estavam à frente, fiquei bem posicionado na entrada da chicane, passei por fora e consegui em três curvas passar dez carros. Foi muito legal. Mas depois, na mesma chicane, o Zonta bateu no meu carro e eu escapei. No final, o carro ficou saindo muito de traseira, sem tração e eu poupei os pneus para conseguir terminar", completou o piloto que foi campeão de Turismo Carretera em 2012.

Já Abbate também fez uma largada muito boa na segunda corrida, mas acabou sofrendo batidas, que danificaram o carro. "Foi um fim de semana para esquecer. Vim só desviando de batida e chega uma hora que elas te acertam. Alguns pilotos acabam passando do limite, acontecem muitos toques e acabei perdendo uma chance de ir melhor", lamentou o piloto de 24 anos.

"Na primeira corrida, após as batidas, meu extrator quebrou, além de outras peças do carro e perdi totalmente o rendimento. Voltei para os boxes, para consertar o carro para a segunda corrida, trocar os pneus e ele ficou bem competitivo. Larguei muito bem, recuperei muitas posições na largada, mas infelizmente me bateram de novo e caí pra trás. Depois bateram num piloto que estava a minha frente, ele rodou e acabei batendo. Isso estragou toda a frente do carro, o capô começou a levantar, perdi muito rendimento. Chegou uma hora que eu não enxergava mais nada e tive de vir para os boxes", explicou Abbate.

Resultados das provas em Tarumã:

Corrida 1
1-) 100 Allam Khodair (Full Time Sports)
2-) 88 Felipe Fraga (Voxx Racing Team) - a 1s313
3-) 80 Marcos Gomes (Voxx Racing Team) - a 6s863
4-) 77 Valdeno Brito (Shell Racing) - a 7s073
5-) 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) - a 17s520
6-) 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) - a 20s420
7-) 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) - a 21s564
8-) 29 Daniel Serra (Red Bull Racing) - a 24s486
9-) 0 Cacá Buen ( (Red Bull Racing) - a 25s359
10-) 46 Vitor Genz (Boettger Competições) - a 28s707
11-) 83 Gabriel Casagrande (Axalta C2 Team) - a 32s490
12-) 14 Luciano Burti (RZ Motorsport) - a 33s209
13-) 70 Diego Nunes (Vogel Motorsport) - a 35s308
14-) 1 Antonio Pizzonia (Prati-donaduzzi) - a 41s851
15-) 28 Galid Osman (Ipiranga-RCM) - a 43s855
16-) 2 Raphael Matos (Schin Racing Team) - a 44s509
17-) 51 Átila Abreu (AMG Motorsport) - a 46s467
18-) 73 Sergio Jimenez (Axalta C2 Team) - a 59s232
19-) 16 Mauro Giallombardo (Hot Car Competições) - a 01min00s1
20-) 25 Tuka Rocha (Un (ão Química Racing) - a 01min00s9
21-) 110 Felipe Lapenna (Schin Racing Team) - a 01min14s9
22-) 12 Lucas Foresti (AMG Motorsport) - a 1 Voltass
23-) 3 Bia Figueiredo (União Química Racing) - a 1 Voltass
24-) 11 Cesar Ramos (Total Racing) - a 4 Voltass
25-) 74 Popó Bueno (Total Racing) - a 5 Voltass
26-) 26 Raphael Abbate (Hot Car Competições) - a 12 Voltass
27-) 21 Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) - a 14 Voltass
28-) 9 Gustavo Lima (ProGP) - abandonou
29-) 4 Julio Campos (Prati-donaduzzi) - abandonou
30-) 66 Felipe Guimarães (Boettger Competições) - abandonou
31-) 5 Denis Navarro (Vogel Motorsport) - abandonou
32-) 65 Max Wilson (Eurofarma RC) - abandonou
33-) 8 Rafael Suzuki (RZ Motorsport) - abandonou

Corrida 2
1-) 0 Cacá Bueno (Red Bull Racing)
2-) 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) - a 0s463
3-) 29 Daniel Serra (Red Bull Racing) - a 1s211
4-) 77 Valdeno Brito (Shell Racing) - a 1s586
5-) 51 Átila Abreu (AMG Motorsport) - a 1s876
6-) 74 Popó Bueno (Total Racing) - a 2s418
7-) 4 Julio Campos (Prati-donaduzzi) - a 2s742
8-) 11 Cesar Ramos (Total Racing) - a 2s983
9-) 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) - a 3s249
10-) 46 Vitor Genz (Boettger Competições) - a 3s808
11-) 16 Mauro Giallombardo (Hot Car Competições) - a 4s986
12-) 80 Marcos Gomes (oxx Racing Team) - a 6s262
13-) 110 Felipe Lapenna (Schin Racing Team) - a 7s208
14-) 1 Antonio Pizzonia (Prati-donaduzzi) - a 9s134
15-) 65 Max Wilson (Eurofarma RC) - a 9s716
16-) 14 Luciano Burti (RZ Motorsport) - a 10s904
17-) 5 Denis Navarro (Vogel Motorsport) - a 11s675
18-) 9 Gustavo Lima (ProGP) - a 12s472
19-) 25 Tuka Rocha (União Química Racing) - a 13s375
20-) 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) - a 4 Voltas
21-) 66 Felipe Guimarães (Boettger Competições) - a 5 Voltas
22-) 88 Felipe Fraga (Voxx Racing Team) - a 5 Voltas
23-) 28 Galid Osman (Ipiranga-RCM) - a 7 Voltas
24-) 83 Gabriel Casagrande (Axalta C2 Team) - a 7 Voltas
25-) 26 Raphael Abbate (Hot Car Competições) - a 8 Voltas
26-) 73 Sergio Jimenez (Axalta C2 Team) - a 9 Voltas
27-) 3 Bia Figueiredo (União Química Racing) - a 11 Voltas
28-) 100 Allam Khodair (Full Time Sports) - a 14 Voltas
29-) 70 Diego Nunes (Vogel Motorsport) - a 14 Voltas
30-) 2 Raphael Matos (Schin Racing Team) - a 15 Voltas
31-) 21 Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) - a 20 Voltas
32-) 8 Rafael Suzuki (RZ Motorsport) - não largou
33-) 12 Lucas Foresti (AMG Motorsport) - abandonou

Os melhores na temporada 2015 (após 11 de 12 etapas):

1 1-Marcos Gomes 241 pontos
2-Cacá Bueno 210
3-Rubens Barrichello 188
4-Allam Khodair 184
5-Daniel Serra 181
6- Ricardo Maurício 173
7- Thiago Camilo 165
8- Max Wilson 161
9- Júlio Campos 154
10- Valdeno Brito 148
29- Raphael Abbate - 24
31- Mauro Giallombardo - 6

Informações sobre a equipe Hot Car e patrocinadores, acesse:
www.hotcarcompeticoes.com.br
www.facebook.com/hotcarcompeticoes
www.twitter.com/hot_car
instagram.com/hotcarcompeticoes
Periscope: @hot_car
www.facebook.com/BardahlBr

Mais informações para a imprensa:
FGCom
Fernanda Gonçalves / Beatriz de Paula
Tel. 11 4116.5509
fernanda@fgcom.com.br / beatriz@fgcom.com.br

Deixe seu comentário