quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Sérgio Sette Câmara bate recorde da pista no GP de Macau de F3

0 comentários
Foto: Divulgação
Na 62ª edição do GP de Macau de F3 brasileiro foi o mais veloz da história da pista chinesa

Terminou neste domingo a 62ª edição do GP de Macau de F3. 28 pilotos de várias partes do mundo participaram da tradicional competição que já teve inúmeros pilotos da F1 como seus vencedores.
Encerrando a sua temporada de estreia na F3 internacional o piloto brasileiro Sérgio Sette Câmara (Mercantil do Brasil | Cemig | Intralot | Motopark) desembarcou pela primeira vez em Macau em busca de um bom resultado, mas, sobretudo, aprendizado e experiência. O traçado da competição é extremamente longo e, diferente de outros circuitos de rua tem trechos de altíssima velocidade, onde os carros ultrapassaram a barreira dos 250 km/h.

Após se classificar na sétima posição para a corrida classificatória Sette Câmara fez esta corrida com extrema confiança. Apesar de bastante veloz o piloto sabia da importância de preservar o carro para a última e decisiva prova. Assim, ele finalizou esta corrida na sexta posição.

Muito concentrado, Serginho sabia que seu principal objetivo seria o de superar o enrosco da primeira curva e, daí por diante, buscar sua recuperação em busca do pódio. O piloto conseguiu se manter na pista e foi então em busca de se recuperar. Estudando cada ponto da pista ele conseguiu ganhar uma posição e, na disputa pelo quinto lugar, acabou tendo um dos pneus de seu carro furado o que lhe obrigou a parar nos boxes. A equipe trabalhou rápido e o recolocou na pista, mas, já sem a menor condição de lutar por posições. Andando sozinho o piloto começou a impor um ritmo impressionante e, na última volta, estabeleceu o novo recorde da pista com a marca de 2m10s186. O recorde anterior era de Edoardo Mortara, estabelecido na corrida de 2009, com uma marca seis décimos mais lenta que que a de Sette Câmara.

"Foi um fim de semana muito trabalho aqui em Macau. Começamos não muito bem, mas, no decorrer das atividades eu e o carro fomos melhorando. Nosso carro estava top para a corrida e não fosse o acidente eu acredito que, realmente, poderia terminar com um lugar no pódio. A conquista da melhor volta e do recorde do circuito digamos que me ajudou um pouco a superar a frustração do pneu furado. Quero agradecer aos meus patrocinadores, familiares, equipe e todos que torcem pelo meu sucesso", comentou o piloto de 17 anos.

Assessoria de Comunicação do piloto Sérgio Sette Câmara
Quick Comunicação e Marketing
Jornalistas Responsáveis: Flávio Quick e Fabiola Cadar
Fones: +5531 99955-1420 | +5531 98851-5883
Internet: www.quickcomunicacao.com.br

Deixe seu comentário