terça-feira, 27 de outubro de 2015

Vitória de Brian David na GPR 250 no Moto 1000 GP em Santa Cruz do Sul

0 comentários
Foto: Rodrigo Ruiz
Resultado leva decisão do título brasileiro para etapa final, em Curitiba no dia 29 de novembro

Brian David venceu a corrida deste final de semana em Santa Cruz do Sul - RS e manteve aberta a disputa pelo título da GPR 250. O piloto da equipe Team Estrella Galicia Racing 0,0 By Alex Barros segue na vice-liderança do campeonato, porém mais próximo de Ton Kawakami, que foi o segundo colocado na prova gaúcha. O irmão e companheiro de equipe de Ton, Meikon Kawakami, completou o pódio do domingo.

Correndo com a Honda 6 da Playstation/PRT, Ton Kawakami fez uma ótima largada e pulou da quarta colocação no grid para a ponta já no final da reta. Brian David, no entanto, perdeu a pole e caiu para a terceira posição, sendo deixado para trás pelos irmãos Kawakami.

O piloto da moto 35 enfrentou dificuldades para passar por Meikon, que segurava o rival enquanto o irmão disparava. Na terceira volta, porém, Brian conseguiu a ultrapassagem e partiu para buscar a ponta. A liderança da corrida veio logo após abrir a sétima volta, quando soube impor o seu melhor ritmo sobre Ton Kawakami.

Nas três últimas voltas Brian David não diminuiu o ritmo e recebeu a bandeirada com mais de 4 segundos de vantagem para Ton."Foi muito bom meu final de semana. Eu fui crescendo e consegui chegar ao melhor ponto na corrida. É difícil passar o Ton, mas quando passei consegui abrir. Vou dar tudo de mim para ser campeão em Curitiba", destacou o vencedor.

Para Ton, o desgaste dos pneus foi seu ponto fraco na pista gaúcha. "Meus pneus começaram a escorregar, comecei a errar e não conseguia acompanhar o ritmo dele", relatou.

GP SANTA CRUZ DO SUL – RESULTADO FINAL DA GPR 250
(Classificação final da corrida após 10 voltas)
1º) Brian David (GO/Honda), Estrella Galicia 0, 0 by Alex Barros, com 16min54s625
2º) Ton Kawakami (SP/Honda), Playstation-PRT, a 4s196
3º) Meikon Kawakami (SP/Honda), Playstation-PRT, a 8s282
4º) Guilherme Brito (SP/Honda), Estrella Galicia 0, 0 by Alex Barros, a 14s091
5º) Diogo Moreira (SP/Honda), Estrella Galicia 0, 0 by Alex Barros, a 14s318
6º) Giovandro Tonini (RS/Honda), M2B Racing, a 15s021
7º) Guilherme Marcucci (RS/Kawasaki), M2 Competições, a 30s352
8º) Márcio Dalzoto (RS/Honda), M2 Competições, a 30s458
9º) Fabricio Correa (RS/Honda), Carlos Barcelos, a 1min53s574
NÃO COMPLETOU
José Duarte (CE/Honda), Estrella Galicia 0, 0 by Alex Barros, 1min42s239
Melhor Volta: David, na 7ª, com 1min39s520, média de 127,7 km/h

CLASSIFICAÇÃO
A classificação da categoria GPR 250 após a realização de sete etapas do Moto 1000 GP é esta: 1º) Ton Kawakami, 144; 2º) David, 139; 3º) Brito, 92; 4º) Duarte, 81; 5º) Traldi, 58; 6º) Meikon Kawakami, 53; 7º) Gonçalves, 34; 8º) Munhoz, 29; 9º) Gil e Ramos, 24; 11º) Aleixo, 20; 12º) Pereira, 19; 13º) Marcucci, 9; 14º) Fernandes e Dalzoto, 8; 16º) Perrucho e Correa, 7; 18º) Esquível, Ribeiro e Yano; 21º) Ribeiro.

Considerando o descarte de um resultado conforme o regulamento, a situação da tabela para a decisão na etapa final em Curitiba seria assim:

1º) David, 139; 2º) Ton Kawakami, 133 pontos; 3º) Brito, 92; 4º) Duarte, 73; 5º) Moreira, 62; 6º) Traldi, 58; 7º) Meikon Kawakami, 53; 8º) Gonçalves, 27; 9º) Munhoz, 21; 10º) Tonini, 20; 11º) Pereira, 19; 12º) Gil, 18; 13º) Ramos, 17; 14º) Aleixo, 11; 15º) Fernandes, 8.

As motocicletas do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade utilizam a gasolina Petrobras Podium e o lubrificante Lubrax Tecno Moto. A Petrobras e a Lubrax patrocinam a competição ao lado da Michelin, que fornece seus pneus de competição a todas as equipes inscritas. O Moto 1000 GP também conta em 2015 com o apoio de Beta Ferramentas, MSR Macacões Personalizados, Puig, Servitec, LeoVince, Shoei e Tutto Moto.

Grelak Comunicação
(45) 3037-6667

Deixe seu comentário