quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Sul-Americano & Copa Brasil: Definidos os campeões em dia de festa

0 comentários
Foto: Olly Junior
Em dia de muito calor Kartódromo RBC Racing conheceu os novos Campeões do Sul-Americano e da Copa Brasil de Kart

Após seis dias de intensas atividades e muito calor os quase 270 pilotos que estiveram esta semana no Kartódromo RBC Racing, em Vespasiano, conheceram os campeões da 17ª Copa Brasil e do Campeonato Sul-Americano de Kart 2015.

As atividades deste sábado se resumiram às corridas finais, após uma sexta-feira repleta de corridas classificatórias. O dia foi aberto com uma bonita solenidade em que estiveram todos os pilotos além de autoridades esportivas como o presidente da CBA - Cleyton Pinteiro, da FMA - Pedro Sereno e da Comissão Nacional de Kart - Rubens Gatti. O Governo de Minas Gerais esteve representado também pelo Secretário Estadual Adjunto de Esportes, Sr. Ricardo Sapi.

Através de um trabalho nunca visto em uma competição nacional de kart todas as atividades do dia foram transmitidas, ao vivo, pelo sistema de streaming, na Internet. Com imagens captadas por oito câmeras, nenhum lance das 14 corridas do dia foi deixado para trás e, mais de 8 mil pessoas assistiram às corridas pela rede mundial de computadores.

Assim como em toda a semana um dos grandes desafios da competição foi o excessivo calor. A temperatura ambiente beirou os 40o graus e a pista em vários momentos registrou mais de 60o, fazendo com que os pneus sofressem um desgaste excessivo e o traçado se tornasse cada vez mais emborrachado. Com isso os times tiveram de constantemente alterar os ajustes dos karts e, por vários vezes, pilotos que em uma atividade estavam rápidos, logo na seguinte, já não se destacavam entre os primeiros.

As competições deste sábado, assim como todos esperavam, foram realmente de arrepiar. Em uma temporada em que o Campeonato Brasileiro de Kart foi realizado em praça única, a Copa Brasil em conjunto com o Sul-Americano também ficarão para a história como uma das competições mais bem organizadas da história do kartismo nacional e que viram alguns pilotos confirmarem suas boas atuações vistas no Brasileiro com o acúmulo dos títulos disputados em Minas Gerais.

Na categoria Mirim o brasiliense Vinícius Tessaro garantiu o título, repetindo seu feito de julho, no Brasileiro. A corrida foi bastante disputada e o piloto só conseguiu assegurar a sua vitória nas voltas finais. João Alfredo Pinto (DF) ficou com o vice-Campeonato e Enrico Maragne Martins (SP), em terceiro.

Com 32 pilotos no grid a Cadete foi a classe que reuniu o maior grid da competição e teve uma corrida espetacular. Após ter liderado toda a competição o mineiro Lucas Staico assegurou-se na liderança após boa largada e, enquanto seus concorrentes brigavam entre si, abriu grande vantagem até a bandeirada final. Acontece, porém, que com a junta do escapamento queimada o seu kart não passou na vistoria final e, assim, o título caiu no colo do paulista Gabriel Crepaldi. Vinícius Tessaro (DF) chegou em segundo e João Vitor Silva (SC) na terceira posição.

A Júnior Menor teve uma prova bastante interessante, com momentos dramáticos nas últimas voltas. Diego Ramos (SP) partiu da pole-position enquanto que José Mugiatti (PR), que partira ao seu lado, perdeu várias posições. Diego conseguiu abrir e seguia tranquilo enquanto que, Mugiatti, fazia consistente corrida de recuperação. Há três voltas para o final Mugiatti conseguiu alcançar o líder e trouxe consigo o terceiro e quarto colocados. Na hora em que tentou a ultrapassagem, porém, Ramos conseguiu se defender e José, na parte externa da pista, acabou saindo para a parte suja do traçado e caiu para o quarto lugar. Melhor para Diego que conseguiu vencer, seguido por José Adami (PR) e Enzo Elias (DF).

Na categoria Júnior o Campeão Brasileiro Marcel Della Coletta (SP) foi uma unanimidade em todas as atividades e, na Final, não foi diferente. Após as 24 voltas da corrida ele conseguiu abrir uma vantagem de quase três segundos para os demais e comemorou o seu título. Sérgio Crispim (PB), mesmo com a volta mais rápida da prova, ficou com o vice-Campeonato e Gianluca Petecoff (SP), foi o terceiro colocado.

Apesar de não ter reunido um grid muito expressivo em número de competidores a corrida da categoria Novato foi muito disputada em suas primeiras voltas. Algumas trocas de posição acabaram por levar o piloto Alexandre Mattêa (RJ) à liderança que, por sua vez, conseguiu mantê-la até a bandeirada final. Ricardo Pinheiro (SC) chegou na segunda posição e Bruno Fischer (SP) ficou com o terceiro lugar.

A prova da categoria Graduado foi muito emocionante e coroou o trabalho de um dos pilotos da nova geração. Apesar de um grid repleto de feras com experiência em provas de monopostos ou mesmo turismo o jovem paulista Murilo Della Coletta (SP), ficou com o título em uma corrida irretocável. Ollin Galli (RJ) chegou na segunda posição e Lucas Nogueira (MG) foi o terceiro colocado.

Uma das grandes surpresas desta edição da Copa Brasil de Kart foi na categoria Sênior "B". Competindo em seu ano de estreia nas provas oficiais o mineiro Thiago Ribeiro acabou ficando com o título desta classe. A corrida foi completamente dominada por seu conterrâneo, Luiz Nicolau, que acabou sendo desclassificado pela falta de pouco mais de meio quilo ao fim da corrida. Samuel Pereira (ES) chegou na segunda posição e Patrik Wenceslau chegou no terceiro lugar.

A corrida da categoria Sênior "A" foi uma das que começou mais agitadas. O paranaense Alessandro Xavier assumiu a liderança e conseguiu abrir uma distância de quase cinco segundos. Porém, a duas voltas para o final, a quebra do eixo de seu kart o obrigou a abandonar a corrida e deixou o título no colo de Alain Sisdelli (SP), que recebeu a bandeirada da vitória com mais de dois segundos de vantagem para Danilo Ramalho (SP), o vice-campeão. Marco Antônio Raimundo (GO) chegou em terceiro.

Com um grid formado por 18 pilotos as disputas da categoria Super Sênior foram bastante empolgantes umas vez que, um acidente na primeira curva acabou por definir a sorte de um piloto. Partindo da sexta posição o paulista Ricardo Thomazi se envolveu em um enrosco na primeira curva e caiu várias posições. Em uma impressionante corrida de recuperação ele conseguiu se recuperar, superar todos os concorrentes e vencer a prova. Renato Russo (SP) chegou na segunda posição e Fernando Buzollo (MG) foi o terceiro.

Dentre os pilotos da classe F4 Graduado o maior destaque ficou com o piloto da casa, o mineiro Marcelo Chagas Brandão. A corrida foi bastante equilibrada e os quatro primeiros colocados se revezaram várias vezes deixando o resultado final indefinido até as últimas voltas. Com um segundo de vantagem para os demais Marcelo comemorou seu título seguido por Pedro Lima (GO) e Gustavo Pinheiro (PR).

Um excepcional grid com 27 karts marcou a Final da categoria F4 Sênior. Esta classe, que utiliza motores sorteados entre os participantes, viu o paulista Vancler de Souza (SP) se destacar perante os demais e chegar ao título com mais de três segundos de vantagem para o segundo colocado. Aproveitando-se de uma grande batalha pela segunda posição o líder abriu na liderança e, quando a segunda posição se definiu, não havia mais tempo para buscar o primeiro colocado. Diogo Del Sarto (MG) ficou com o vice-campeonato e Gustavo Menezes (MG) foi o terceiro.

SUL-AMERICANO

A categoria Sudam Júnior, que reuniu praticamente os mesmo pilotos da Júnior, serviu para efetivamente confirmar uma competição perfeita para um piloto. Marcel Della Coletta (SP), a exemplo do que fez na Júnior, não deu chance para seus adversários e, de maneira incontestável, garantiu o título de sua classe. Novamente Sérgio Crispim (PB) ficou com a segunda posição e Juan Crespi, ficou com o terceiro lugar.

A categoria Sudam, que teve uma corrida de 25 voltas, viu uma disputa acirrada pela liderança que deixou latente também a briga das fábricas de chassis. Novo detentor do recorde da pista, com a marca de 51s498 o carioca Olin Galli garantiu o título para a Techspeed. Dennis Dirani (SP), após pressionar bastante o líder, levou o vice-campeonato para a Birel Sudam. Lucas Nogueira (MG) ficou com a terceira posição.

Finalmente, a categoria Sudam Sênior teve a participação 15 pilotos e, muitos deles, também participantes em outras categorias do evento como Sênior "A", "B" ou mesmo Super Sênior. A exemplo do que aconteceu na Júnior o mesmo piloto conseguiu garantir um Bicampeonato no mesmo dia. Alain Sisdelli (SP) conseguiu impor um forte ritmo, assumiu a liderança à quatro voltas para o final e garantiu o seu segundo título dia. Luiz Felipe Nicolau (SP) ficou com o vice-campeonato e Wellington Valente a terceira posição.

"Apesar da minha larga experiência enquanto dirigente no automobilismo posso dizer que fiquei especialmente satisfeito e, até mesmo, emocionado com o sucesso deste evento. Em um ano de crise econômica e competições com cada vez menos pilotos nos campeonatos estaduais, conseguimos registrar um recorde histórico de participantes em um evento extremamente bem planejado, dimensionado e executado. Nos resta agradecer a cada um dos competidores, suas equipes, à CBA pela supervisão, confiança e apoio ao nosso trabalho e, logicamente, aos patrocinadores Techspeed, RBC Preparações, MG Tyres, Paralego e BSS Blindagens. Quero agradecer também ao empenho e dedicação de todos que trabalharam para o bom andamento deste evento que, em todos os dias, teve mais de 12 horas de programação. Desde as meninas da equipe de limpeza ao querido Ernesto Abreu, diretor de provas, o nosso sincero muito obrigado", comentou Pedro Sereno, presidente da Federação Mineira de Automobilismo.

Assessoria de comunicação da Federação Mineira de Automobilismo - FMA
Assessoria de comunicação do Kartódromo RBC Racing
Jornalistas Responsáveis: Flávio Quick e Fabiola Cadar
Quick Comunicação e Marketing
Fone: +5531 9955-1420
E-mail: quick@quickcomunicacao.com.br

Deixe seu comentário