terça-feira, 6 de outubro de 2015

Sob forte chuva, Augusto Farfus termina em 4º na etapa final do USCC em Road Atlanta

0 comentários
Foto: Divulgação/BMW
Prevista para 10 horas de duração, a corrida foi encerrada duas horas antes pelo mau tempo. Brasileiro, que correu com Bill Auberlen e Dirk Werner, ajudou a BMW a garantir o vice-campeonato entre as montadoras e também entre os pilotos da categoria GTLM

A etapa final do TUDOR United SportsCar Championship (USCC) foi cheia de desafios para os pilotos neste sábado (3), em Road Atlanta, no estado norte-americano da Georgia. A forte chuva que marcou as sessões de treinos e a classificação também deu as caras durante a corrida, e acabou sendo determinante para o resultado final. Devido ao mau tempo, a prova teve inúmeras bandeiras amarelas, chegou a ser interrompida com bandeira vermelha e depois retomada e também foi encerrada duas horas mais cedo que as 10 horas previstas para a prova, conhecida como Petit Le Mans.

Buscando o título de construtores para a BMW e também o de pilotos para Bill Auberlen e Dirk Werner - que chegaram a etapa apenas três pontos atrás dos líderes -, Augusto Farfus foi um importante reforço no comando do carro #25 da equipe BMW Team RLL. A equipe adotou uma estratégia ousada, priorizando os stints finais da prova e acabou sendo prejudicada pelo encurtamento da prova, que aconteceu sem aviso prévio. Farfus estava em 2º lugar na categoria GT Le Mans, e a equipe adiantou um pit-stop, porém após duas voltas que Auberlen estava no volante, a prova foi encerrada, e assim ficaram com o 4º lugar.

A vitória ficou com o trio formado por Nick Tandy, Patrick Pilet e Richard Lietz, garantindo assim o título de construtores para a Porsche e o título de pilotos para Pilet. A BMW ficou com o vice-campeonato, assim como Auberlen/Werner. A prova em Road Atlanta também marcou a última aparição da BMW Z4 GTLM em competições na América, que será substituída pela nova BMW M6 GTLM em 2016.

Essa foi a quinta corrida de longa duração que Farfus participou no ano. Ele correu outras duas etapas do USCC (24 Horas de Daytona e 12 Horas de Sebring) e outras duas na Europa (24 Horas de Nürburgring e 24 Horas de Spa-Franchorchamps). Agora, o brasileiro volta seu foco para a etapa final do DTM, que acontece entre os dias 16 e 18 de outubro em Hockenheim.

Augusto Farfus:

"Foi uma corrida em condições muito difíceis, choveu o tempo todo. Nós estávamos disputando com os líderes e tínhamos uma ótima estratégia para o fim da prova. Estava em 2º quando adiantamos um pit-stop e passei o carro para o Bill Auberlen, mas logo fomos surpreendidos com a decisão da organização de encerrar a corrida duas horas antes do previsto, e assim terminamos em 4º. Foi uma pena, mas corridas são assim. Arriscamos uma estratégia, que acabou não sendo premiada, mas fizemos um grande trabalho, e consegui ajudar a equipe e os pilotos a garantirem o vice-campeonato. Agora, volto para a Europa focado na etapa final do DTM, para terminarmos o ano da melhor forma possível".

Deixe seu comentário