quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Pré Moto 3: Brasileiro Lucas Torres completa temporada com melhor resultado em Navarra

0 comentários
Foto: Divulgação
Jovem piloto brasileiro, que corre pelo School Estrella Galicia 0,0, é o décimo colocado na etapa final, que consagrou o companheiro Alonso López como campeão da temporada

Um ano de muito aprendizado e crescimento. Chegou ao fim no último final de semana a temporada da Pré Moto 3 na Espanha e o brasileiro Lucas Torres, de 16 anos, completou seu ano de estreia na equipe Monlau Repsol School Estrella Galicia 0,0 com o melhor resultado de 2015. Ele foi o décimo colocado na oitava etapa, realizada em Navarra, que teve a vitória do seu companheiro Alonso López, que se consagrou campeão.

Vice-campeão da GPR 250 em 2014 no Brasil, Torres integra o projeto de desenvolvimento de pilotos comandado pelo brasileiro Alexandre Barros, principal referência do país no esporte, em parceria com a Estrella Galicia, Honda e o time júnior de Emilio Alzamora, ex-campeão mundial de 125cc e um dos maiores descobridores de talentos da motovelocidade (por suas mãos já passaram Marc e Alex Marquez, além de Alex Rins). O inovador projeto no Brasil visa formar futuros campeões.

Único piloto não espanhol na equipe, que conta com quatro integrantes, Torres enfrentou vários desafios ao longo do ano, já que não conhecia as pistas e adversários, num grid sempre com mais de 30 motos. O piloto ficou satisfeito com a experiência e evolução.

"Foi uma ótima experiência, aprendendo muito sobre a moto, os traçados, frenagem e embreagem. Como trabalhar tudo em conjunto e estou muito contente pelo meu resultado nas últimas corridas. Fiz bons tempos, mesmo sem conhecer as pistas, e vi que tenho o mesmo potencial que os meus companheiros de equipe" declarou Torres. Além do título de Alonso, a equipe também foi vice-campeã com Miguel Parra. O brasileiro completou a temporada em 24º lugar, com nove pontos.

"O crescimento do Lucas na temporada foi visível e ele foi evoluindo na competição ao longo do ano. Como um dos idealizadores e consultor do projeto, acompanhei a evolução dele a cada corrida. O campeonato é bastante disputado, num nível bem mais alto do que temos ainda hoje no Brasil. Sem dúvida, é uma experiência que vai enriquecer muito o futuro da sua carreira", completou Alex Barros, que mantém o programa de desenvolvimento de talentos nesta temporada da GPR 250 com mais quatro pilotos: Brian David, José Duarte, Guilherme Brito e Diogo Moreira. Um deles também será selecionado para fazer o intercâmbio com o time espanhol no ano que vem.

Assessoria de Comunicação/Imprensa
FGCom
Fernanda Gonçalves / Beatriz de Paula / Gabriely Menezes
(11) 4116-5509
fernanda@fgcom.com.br / beatriz@fgcom.com.br / gabriely@fgcom.com.br
www.fgcom.com.br

Deixe seu comentário