terça-feira, 27 de outubro de 2015

Moto 1000 GP: Matthieu Lussiana é bicampeão e Alex Barros Racing chega ao tetracampeonato brasileiro

0 comentários
Foto: Equipe Sanderson
Piloto da BMW Motorrad Petronas Racing vence a penúltima etapa em Santa Cruz do Sul, conquista novo recorde da pista na GP 1000 e comemora o segundo título no Brasil, com uma etapa de antecedência. Equipe comandada por Alexandre Barros também segue invicta, conquistando o tetracampeonato brasileiro

Barba, cabelo, bigode e o bicampeonato para o francês Matthieu Lussiana, que faturou neste domingo (25), em Santa Cruz do Sul (RS), seu segundo título na GP 1000, principal categoria do Moto 1000 GP (Campeonato Brasileiro de Motovelocidade). Depois de largar na pole, o piloto da BMW Motorrad Petronas Racing venceu a sétima e penúltima etapa da temporada, estabeleceu um novo recorde para o traçado na categoria (1min23s593) e levantou mais um troféu de campeão para a equipe comandada por Alexandre Barros.

Foi o quarto título da equipe na categoria, que desde a sua criação já se sagrou campeã na GP 1000 nos anos de 2012 e 2013, com Luciano Ribodino, e agora 2014 e 2015 com Lussiana.

Na prova deste domingo, Ribodino também brigou pelo pódio até o final, mas terminou na quinta posição. Com o resultado, Lussiana chegou a 176 pontos no campeonato e não pode ser mais alcançado pelo rival Diego Pierluigi (terceiro em Santa Cruz do Sul) na última etapa da temporada, que acontecerá no dia 29 de novembro, em Curitiba (PR).

Lussiana comemorou muito mais uma conquista ao cruzar a linha de chegada em primeiro com sua BMW S 1000 RR #1. O piloto, de 27 anos, chegou a perder a ponta na largada, caindo para quarto, mas logo se recuperou e assumiu a dianteira.

"Estou muito feliz. O final de semana começou um pouco difícil. Tive uma queda no segundo treino livre, mas conseguimos trabalhar muito bem, melhorar a moto e largar na frente. Na corrida, também tive um começo complicado, mas mantive a cabeça fria e a estratégia final foi boa. Assumi a ponta, consegui abrir e estou muito feliz por ser campeão de novo no Brasil", comemorou o francês, que já venceu cinco das sete provas deste ano.

O companheiro Luciano Ribodino também queria muito estar no pódio, mas no final não conseguiu acompanhar o ritmo dos ponteiros. "Dava para ter chegado no pódio, mas forcei muito na metade da corrida e no final estava muito cansado e não deu para acompanhar. Não estou muito contente, porque queria estar no pódio, mas vamos para a próxima", desabafou o argentino da BMW S 1000 RR #3.

Ribodino está correndo na equipe e substituindo o titular Sebastian Porto, que ainda se recupera da lesão no joelho, sofrida após queda na terceira etapa da temporada.

GP Light: Donato termina em 11º
Na GP Light, o paulista Luciano Donato foi o 11º colocado com sua BMW S 1000 RR #19. O piloto, que estreia nesta temporada na equipe BMW Motorrad Petronas Racing, correu pela primeira vez em Santa Cruz do Sul. A vitória na categoria ficou com o pole position Marcelo Dahmer.

Os resultados em Santa Cruz do Sul:

GP 1000 (Top 10)
1º) 1 - Matthieu Lussiana (FRA/BMW Motorrad Petronas Racing), BMW, 16 voltas em 22:40.331
2º) 55 - Marco Solorza (ARG/Solorza Competicion), Kawasaki, a 4.655
3º) 84 - Diego Pierluigi (ARG/JC Racing Team), Kawasaki, a 7.268
4º) 65 - Martin Solorza (ARG/Solorza Competicion), Kawasaki, a 7.417
5º) 3 - Luciano Ribodino (ARG/BMW Motorrad Petronas Racing), BMW, a 7.754
6º) 17 - Miguel Praia (POR/Center Moto Racing Team), Honda, a 16.495
7º) 47 - Wesley Gutierrez (PR/Motonil Motors Pdv-Brasil/Us), Kawasaki, a 25.030
8º) 8 - Danilo Lewis (SP/Tecfil Racing Team), Kawasaki, a 25.306
9º) 81 - Sebastiano Zerbo (ITA/Target Race Superbike Team), Kawasaki, a 49.194
10º) 36 - Philippe Thiriet (MG/Motonil Motors Pdv-Brasil/Us), Kawasaki, a 58.068

GP Light (Top 12)
1º) 49 - Marcelo Dahmer (RS/K Racing), Kawasaki, 14 voltas em 20:49.274
2º) 11 - Jean Vieira (SC/MS Racing Team), Kawasaki, a 4.773
3º) 88 - Henrique Castro (DF/City Service BSB Motor Racing), Kawasaki, a 7.042
4º) 69 - Marcelo Skaf (SP/ Motonil Motors Pdv-Brasil/Usat), Kawasaki, a 7.213
5º) 33 - Diogo Ramos (SC/ SBK Moto Racing), Kawasaki, a 20.497
6º) 36 - Rafael Nunes (PR/ Team Suzuki-PRT), Suzuki, a 38.770
7º) 94 - Erlon Franco (MS/Target Race Superbike Team), Kawasaki, a 44.757
8º) 99 - Edson Luiz (SC/2Mt/Prt), Kawasaki, a 1:03.882
9º) 28 - Pablo Nunes (SC/SBK Moto Racing), Kawasaki, a 1:17.444
10º) 9 - Marcos Ramalho (PR/2MT/PRT), Kawasaki a 1:24.691
11º) 19 - Luciano Donato (SP/BMW Motorrad Petronas Racing), BMW, a 1 volta
12º) 29 - Bruno Teixeira (MG/Carlos Barcelos), Yamaha, a 1 volta

Classificação da GP 1000 após sete etapas, sem o descarte obrigatório (Top 14):
1º) Matthieu Lussiana, 176
2º) Diego Pierluigi, 122
3º) Miguel Praia, 94
4º) Wesley Gutierrez, 90
5º) Sebastiano Zerbo, 73
6º) Danilo Lewis, 49
7º) Martin Solorza, 45
8º) Nick Iatauro, 44
Philippe Thiriet, 44
10º) Marco Solorza, 39
11º) Luciano Ridodino, 38
12º) Victor Moura, 32
13º)Sebastian Porto, 29
14º) Diego Petrel, 22

Classificação da GP Light - após sete etapas, sem o descarte obrigatório (Top 14):
1º) Rafael Nunes, 144
2º) Marcelo Dahmer, 133
3º) Henrique Castro, 109
4º) Jean Vieira, 88
5º) Diogo Ramos, 64
6º) Ricardo Negretto, 40
7º) Marcos Ramalho, 39
8º) Erlon Franco, 37
9º) Ricardo Levy, 36
Edson Luiz, 36
11º) Pedro Lins, 35
12º) Marcio Pereira, 33
13º)Marcelo Skaf, 30
14º) Luciano Donato, 23

Assessoria de Comunicação/Imprensa
FGCom
Fernanda Gonçalves / Beatriz de Paula / Gabriely Menezes
(11) 4116-5509
fernanda@fgcom.com.br / beatriz@fgcom.com.br / gabriely@fgcom.com.br
www.fgcom.com.br

Deixe seu comentário