quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Stock Car: Rafael Suzuki corre pela primeira vez no Mato Grosso do Sul

0 comentários
Foto: Carsten Horst
Campo Grande volta ao cenário do automobilismo nacional e ao calendário da categoria após quatro anos de ausência. Piloto representante do Maranhão vê com bons olhos a novidade e almeja melhor resultado da temporada

O circo da Stock Car volta ao Centro-Oeste neste fim de semana, dessa vez na capital sul-matogrossense. O Autódromo Internacional Orlando Moura, inaugurado em 2001, será o palco da 9ª etapa da Stock Car, que mais uma vez será disputada no formato de rodada dupla, com duas corridas no domingo - uma mais longa valendo mais pontos e em seguida outra mais curta com a inversão no grid de largada entre os 10 primeiros colocados da primeira primeira prova. O circuito tem 3.433 metros de extensão no sentido anti-horário, possui três curvas para direita e seis para o lado esquerdo e dispõe de uma das maiores retas do Brasil, com 960 metros.

Para Rafael Suzuki, que ainda não competia na categoria na última vez que a Stock passou por Campo Grande em 2011, o fato de correr pela primeira vez na pista não será um empecilho, até porque o piloto do carro #8 já esteve no circuito em outras oportunidades testando carros de Formula 3. Inclusive, foi na capital sul-matogrossense que Suzuki deu as primeiras voltas de monoposto em sua fase pós-kart, já que a pista era muito utilizada pelas equipes para testes livres. "Gosto bastante do traçado de Campo Grande, tem curvas de baixa, média e alta velocidade, além de bons pontos de ultrapassagens. Fiz boa quilomentragem lá quando comecei a andar de formula há quase 10 anos", disse Suzuki.

Do ponto de vista técnico para a corrida de domingo, o piloto acredita que lidar com o desgaste de pneus devido ao calor e à pista abrasiva será fundamental. "Estamos esperando um grande desgaste, então será importante encontrar o acerto ideal aliando performance com constância. Nosso engenheiro tem bom histórico de resultados lá, inclusive trabalhando com o Burti, então espero que isso ajude também, mesmo sabendo que muitas mudanças técnicas ocorreram de lá pra cá", explicou o piloto, referindo-se ao uruguaio Jorge Salmini, engenheiro-chefe da equipe, que triunfou nas últimas duas vezes que a Stock Car passou por Campo Grande.

O piloto da RZ Motorsport também almeja conquistar bons pontos para subir na tabela, já que na última etapa em Cascavel o representante do Maranhão passou zerado devido à um problema técnico no carro na primeira prova quando vinha dentro do top-15, que o forçou a abandonar a prova 1 e eliminou as chances de um bom resultado no fim de semana. Mesmo com o revés, o piloto segue otimista. "Tínhamos tudo para conquistar nosso melhor resultado na última etapa, então acredito que em Campo Grande estaremos competitivos também. Nosso objetivo é estar no top-10 ou 15 de novo, mas dessa vez precisamos trazer o máximo de pontos possíveis para casa, para termos uma última parte de temporada forte", completou.

O Sportv transmite ao vivo a classificação no sábado às 13h e as duas corridas no domingo também a partir das 13h (horários de Brasília).

Confira a programação da Stock Car em Campo Grande (horários de Brasília):

Sexta-feira, 11 de setembro
11h15 - 11h25 - Shakedown (Grupo 1)
11h30 - 11h40 - Shakedown (Grupo 2)
15h45 - 16h25 - 1º Treino (Grupo 1)
16h30 - 17h10 - 1º Treino (Grupo 2)

Sábado, 12 de setembro
9h - 10h - 2º Treino (Grupo 1)
10h05 - 11h05 - 2º Treino (Grupo 2)
13h00 - 14h00 - Classificação

Domingo, 13 de setembro
13h - Largada (48 minutos + 1 volta)
14h15 - Largada (28 minutos + 1 volta)

Deixe seu comentário