terça-feira, 22 de setembro de 2015

Kart: Pequeno Rookie ‘Tommy’ Kühne sagrou-se vice-campeão

0 comentários
Foto: Cris Reis
Piloto de 11 anos e apenas em segundo ano no kartismo largou da pole-position, estabeleceu o novo recorde para o Kartódromo de Interlagos e liderou todas as quatro corridas

De tempos em tempos vemos novos esportistas se destacarem em suas modalidades, dando-nos a esperança de renovação na galeria de campeões. No último final de semana (18 e 19/9) o kartismo brasileiro pode presenciar a atuação de um garoto, que ainda não completou a sua segunda temporada nos micromonopostos, mas que vem colecionando performances, vitórias e títulos que demonstram o seu talento nato. Com apenas 11 anos de idade Thomas ‘Tommy’ Kühne (Audi/Kienbaum/TR3 Motorsport) sagrou-se vice-campeão do Festival Brasileiro Rotax, disputado no Kartódromo Ayrton Senna, na zona sul de São Paulo.

"Foi muito legal, pois batalhei com muitas pessoas boas. E especialmente porque eu amo este circuito, com asfalto bom, que emborracha e dá pra frear bem dentro", comemorou Thomas, que além de ter largado da pole position, estabeleceu a volta mais rápida da categoria Mini Max e liderou todas as quatro provas do evento.

O experiente chefe da equipe TR3 Motorsport, que foi instrutor e depois também adversário de Ayrton Senna no kartismo, foi bem sucinto ao elogiar o garotinho. "A cada corrida que você faz me surpreende", admirou o icônico Waltinho Travaglini.

Líder disparado da Copa Rotax na categoria Rookie Mini Max, Thomas Kühne conquistou na tomada de tempos a pole position para as duas baterias classificatórias do certame nacional. Ele liderou grande parte da primeira prova, mas na última volta, quando estava em segundo, deixou para dar o bote na derradeira curva. Conseguiu o intento, recebeu a bandeirada quadriculada de vencedor, mas como fez a ultrapassagem encostado com Matheus Morgatto, os comissários deliberaram que ele deveria ficar com a segunda colocação.

"Eu não fiz nada de errado. Na última volta, na última curva ele freou antes, e ai eu subi com as duas rodas da esquerda sobre a zebra porque o espaço era muito justo. A gente se encostou levemente e eu levei vantagem. Todos pensaram que eu tinha vencido e o Matheus até chegou a me cumprimentar. Foi um momento estranho", disse Thomas. A segunda bateria foi praticamente uma repetição da corrida anterior, sendo que desta vez a vitória ficou com o pequeno Kühne.

Largando da pole position na Pré-Final, em virtude de ter perdido menos pontos nas práticas classificatórias, o garoto novamente disparou na frente onde permaneceu até a metade da competição, quando cometeu um erro e caiu para quinto. Mesmo assim estabeleceu a volta mais rápida e ainda terminou em quarto.

Na Final o representante da Audi/Kienbaum/TR3 Motorsport largou do incômodo quarto posto, pela linha de fora, e com isto caiu para oitavo na saída da primeira curva. Fazendo uma prova inteligente, na quarta passagem ele já era o segundo, assumiu a ponta, e voltou novamente para segundo. Desta vez, com uma guiada agressiva Tommy estabeleceu o recorde da categoria Mini Max para o Kartódromo de Interlagos (54s005) e na 10ª volta assumiu a ponta. Foi ai que a menor experiência em corridas prevaleceu. Na penúltima curva ao fazer um traçado defensivo, acabou passando sobre a sujeira na pista, escorregou e abriu a oportunidade de ser ultrapassado pelo mais experiente Matheus Morgatto, que arrebatou o título de campeão do Festival Brasileiro Rotax.

"Como sou Rookie, foi muito bom ter chegado nesta posição. Estou contente", comentou Thomas Kühne, que este ano já havia se sagrado Vice-Campeão Sul-americano da Mini Max Rotax e agora aumentou ainda mais a sua vantagem na classe Rookie da Copa São Paulo de Kart.

Confira os dez primeiros do Festival Brasileiro Rotax - Categoria Mini Rotax: 1) Matheus Morgatto; 2) Thomas Kühne; 3) Francisco Porto; 4) Gabriel Bortoleto; 5) Fefo Barrichello; 6) Pedro Henrique; 7) Enrico De Lucca; 8) Felipe Bartz; 9) Leonardo Reis; 10) João Barcelos.

Deixe seu comentário