quinta-feira, 2 de julho de 2015

Pela primeira vez em Florianópolis, Gianluca Petecof disputa Campeonato Sul-Americano de Kart

0 comentários
Foto: Luiz Pinheiro
Piloto da Academia Shell Racing quer aproveitar experiência na competição internacional como preparação para as duas fases do Campeonato Brasileiro, que acontecem ainda no mês de julho

A agenda de competições de Gianluca Petecof está intensa nos meses de junho e julho. Após conquistar o vice-campeonato tanto no Super Kart Brasil 18 quanto na etapa do Sul-Brasileiro, o mais jovem piloto da Academia Shell Racing se prepara para mais um desafio especial. Nesta semana (entre 1º e 5 de julho), o paulista disputa o Campeonato Sul-Americano de Kart em Florianópolis, correndo pela categoria Rotax Junior, que contará com um total de 27 pilotos no grid, dos quais 10 são estrangeiros.

O traçado do Kartódromo Arena Sapiens, famoso por receber o Desafio das Estrelas por vários anos, será uma novidade para o piloto de 12 anos. Além disso, Gianluca não tem participado com frequência de corridas de Rotax nesta temporada. Os motores da fabricante, que é organizadora do campeonato, exigem uma técnica diferenciada de pilotagem. Mesmo assim, o piloto e a equipe Shell Birel ART consideraram a competição internacional uma importante experiência para Petecof, que neste mês ainda disputará o Campeonato Brasileiro de Kart em duas categorias, no Rio Grande do Sul.

As atividades de pista em Florianópolis tiveram início nesta quarta-feira e vão até sexta, com a realização de 13 sessões de 10 minutos cada. No sábado, acontecem a tomada de tempos e três baterias classificatórias que definirão o grid de largada da pré-final, marcada para domingo, assim como a grande final, que define o campeão. O vencedor, além do troféu, ganha uma vaga e todo o subsídio de equipamento para a Final Mundial do Campeonato, no mês de novembro em Portugal.

Gianluca Petecof:

"Não venho treinando com motores Rotax e também não conhecia a pista, mas sabemos que essa experiência no Campeonato Sul-Americano será bem importante para mim, além de me manter em atividade antes das duas fases do Brasileiro. Vou correr com os motores da A.M. Engines, com quem sempre corremos nos Estados Unidos, e o kart BirelArt, então sei que teremos uma estrutura adequada para dar o meu máximo e buscar o melhor resultado possível."

Deixe seu comentário