quinta-feira, 4 de junho de 2015

Moto 1000 GP: Bandsports exibe provas do GP Cascavel em 1h30min de programação

0 comentários
Foto: Rodrigo Ruiz
Canal adota escala excepcional por conta do Torneio de Roland Garros e corridas do GP Cascavel serão mostradas na manhã de terça-feira

O Moto 1000 GP, que cumpre sua quinta temporada em 2015 colocando em disputa os títulos do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, conta hoje com o pacote de mídia mais abrangente do esporte motor nacional. As etapas têm transmissão ao vivo pelos canais Bandsports e Esporte Interativo, além da Band Internacional, para todos os seus países de abrangência, do Terra, um dos maiores portais da internet nas Américas, e do site do próprio evento.

A segunda etapa de 2015 teve suas corridas no último domingo (31) no Autódromo Internacional Zilmar Beux, em Cascavel. O moto1000gp.com.br transmitiu ao vivo as provas do GP Cascavel nas categorias GP 1000, GP 600, GP Light e GPR 250. Esporte Interativo, Terra e Band Internacional reservaram 1h30min de suas programações para cobertura ao vivo da etapa, com a íntegra das categorias GP Light e GP 1000 e VTs das outras duas categorias.

“Excepcionalmente nesta etapa não tivemos a transmissão ao vivo pelo Bandsports”, observa o promotor do Moto 1000 GP, Gilson Scudeler. A ampla cobertura do canal ao Torneio de Roland Garros, um dos maiores eventos do tênis mundial, ocasionou a mudança na grade de programação. “Foi um caso pontual que já nos havia sido antecipado em março, quando renovamos nosso acordo para transmissão das etapas do Brasileiro de Motovelocidade”, diz.

O Bandsports confirmou a primeira exibição das provas do GP Cascavel para terça-feira (9), a partir de 10h30. “Teremos uma hora e meia de exposição no canal. A mudança aconteceu em função da demanda do canal por Roland Garros e a notável importância do torneio”, diz Scudeler. “E não foi uma situação exclusiva do Moto 1000 GP. O automobilismo, que o Bandsports sempre transmite ao vivo, também teve a etapa de domingo programada em VT”.

As motocicletas do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade utilizam a gasolina Petrobras Podium e o óleo lubrificante Lubrax Tecno Moto. Petrobras e Lubrax patrocinam a competição ao lado da Michelin, fornecedora de pneus a todas as equipes inscritas nas quatro categorias em disputa. O Moto 1000 GP também conta, na temporada de 2015, com o apoio de Beta Ferramentas, Puig, Servitec, LeoVince, Shoei e Tutto Moto.

Deixe seu comentário