terça-feira, 23 de junho de 2015

GP2: Negrão, 16º na Áustria, lamenta posição no grid

0 comentários
Foto: Divulgação
"O carro ainda não consegue voar", brinca; Vandoorne vence e amplia liderança

SÃO PAULO - O brasileiro André Negrão voltou a sentir na pele as dificuldades de largar distante das primeiras filas na Fórmula GP2. Partindo apenas em 21º na abertura da rodada dupla do GP da Áustria neste sábado em Spielberg, o piloto da Arden International terminou em 16º e já sabe que deverá encontrar as mesmas dificuldades no complemento da programação amanhã, já que o grid será formado de acordo com a ordem de chegada da primeira bateria, com a inversão dos oito primeiros. O belga Stroffel Vandoorne venceu pela quarta vez no ano e ampliou ainda mais a liderança.

Negrão recebeu o resultado com resignação. "O carro ainda não consegue voar. Saindo lá de trás, já é complicado. Numa pista curta e travada como esta, mesmo com a ajuda do DRS, é quase impossível ultrapassar. Fiz o que era possível", comentou o campineiro, que ganhou várias posições ao escapar de uma confusão na primeira volta. Ele optou por começar com os pneus mais duros e completar as 40 voltas com os macios. "A opção foi correta. Os pneus resistiram bem ao turno mais longo", acrescentou.

Na avaliação de Negrão, o ritmo do carro durante a corrida até que foi razoável. "Não estava tão mais lento. O problema mesmo foi a posição de largada", lembrou. O decepcionante resultado no treino classificatório foi provocado por um erro da equipe, que não apertou corretamente uma roda na troca para o segundo jogo de pneus e obrigou o piloto a retornar aos boxes em seguida. Com pouco tempo para a segunda tentativa, Negrão não pôde melhorar a marca que havia estabelecido na primeira saída.

Sobre a prova do domingo, Negrão deverá enfrentar o mesmo drama. "É mais ou menos a mesma situação de hoje. Estarei um pouco mais na frente, mas em compensação a segunda corrida não tem parada obrigatória para troca de pneus. Será mais um dia duro", concluiu.

O resultado da 7ª etapa:

1 - Stoffel Vandoorne - ART Grand Prix - 40 voltas em 53:42.694
2 - Sergey Sirotkin - Rapax - a 11.788
3 - Alex Lynn - DAMS - a 15.318
4 - Nobuharu Matsushita - ART Grand Prix - a 15.849
5 - Artem Markelov - RUSSIAN TIME - a 19.420
6 - Alexander Rossi - Racing Engineering - a 21.154
7 - Rio Haryanto - Campos Racing - a 22.583
8 - Nick Yelloly - Hilmer Motorsport - a 26.897
9 - Arthur Pic - Campos Racing - a 35.069
10 - Mitchell Evans - RUSSIAN TIME - a 38.649
11 - Robert Visoiu - Rapax - a 42.068
12 - Jordan King - Racing Engineering - a 42.569
13 - Pierre Gasly - DAMS - a 44.489
14 - Julian Leal - Carlin - a 49.600
15 - Raffaele Marciello - Trident - a 50.336
16 - André Negrao - Arden International - a 50.729
17 - Rene Binder - Trident - a 54.619
18 - Marco Sorensen - Carlin - a 55.933
19 - Marlon Stockinger - Status Grand Prix - a 59.209
20 - Norman Nato - Arden International - a 59.505
21 - Daniel de Jong - MP Motorsport - a 1:02.603
22 - Simon Trummer - Hilmer Motorsport - a 1:15.237
23 - Richie Stanaway - Status Grand Prix - a 1 volta

Campeonato:

1 - S. Vandoorne - 143
2 - A. Rossi - 78
3 - R. Haryanto - 55
4 - A. Lynn - 42
5 - S. Sirotkin - 38
6 - M. Evans - 29
7 - R. Marciello - 24
8 - J. Leal - 24
9 - S. Canamasas - 23
10 - R. Stanaway - 22
11 - A. Pic - 21
12 - N. Matsushita - 19
13 - P. Gasly - 16
14 - N. Berthon - 16
15 - A. Markelov - 16
16 - J. King - 14
17 - R. Visoiu - 12
18 - N. Yelloly - 7
19 - N. Nato - 6
20 - A. Negrão - 3


Márcio Fonseca (MTb 14.457)
Tel. (11) 99434-2082
E-mail:fonsecamarcio@terra.com.br
www.mfdois.com.br
@mfdois

Deixe seu comentário