terça-feira, 9 de junho de 2015

Campeão do Moto 1000 GP se destaca no Europeu de Superstock 600

0 comentários
Foto: Sergio Sanderson
Maximiliano Gerardo crava volta mais rápida da quinta etapa, em Portugal, e comemora seu primeiro top-10 na competição

Dar aos pilotos que atuam no Campeonato Brasileiro de Motovelocidade a oportunidade de evolução e aprendizagem para que construam carreiras de sucesso no esporte internacional está entre os propósitos que o Moto 1000 GP tem atingido com consistência nos três últimos anos. A projeção já transcende a categoria de formação de pilotos GPR 250: o atual campeão brasileiro da GP 600 foi quem ganhou destaque na Europa no último fim de semana.

O uruguaio Maximiliano Gerardo tornou-se campeão do Moto 1000 GP vencendo quatro das oito etapas que compuseram a categoria GP 600 no ano passado, quando defendeu a MGBikes Yamaha Racing. A campanha rumo ao título coincidiu com seus primeiros contatos no FIM European Championship da categoria Superstock 600, a ponto de Gerardo ter aberto mão de disputar uma das corridas de 2014, em Curitiba, para fazer testes em solo europeu.

Gerardo cumpre neste ano sua primeira temporada na Superstock 600 defendendo a Agro-On WIL Sport Racedays e conquistou seu melhor resultado na competição na quarta etapa, disputada no último sábado (6) no circuito de Portimão, em Portugal. Largando da sétima posição com a Honda CBR 600RR número 141, cruzou a linha de chegada em nono lugar. Além dos pontos pelo resultado, o uruguaio de 20 anos foi o autor da volta mais rápida da corrida.

“Estou mais que feliz. Minhas primeiras voltas na corrida não foram tão boas, mas consegui me recuperar até o nono lugar, mas conseguimos a volta recorde da pista”, comemorou Gerardo, que ocupa o 22º lugar na classificação do campeonato, com sete pontos. “Isso mostra que somos competitivos e que tínhamos bom ritmo para disputar posições no pelotão da frente”, acrescentou o piloto, que contabiliza cinco corridas no FIM European Championship.

A temporada da Superstock 600 começou com rodada dupla no circuito espanhol de Aragón, em abril. Gerardo obteve o 15º lugar no grid, abandonou a primeira corrida e terminou a segunda em 18º. Na holandesa Assen, ainda em abril, largou novamente em 15º e não completou a prova. No mês passado, em Ímola, na república de San Marino, largou em 26º e terminou em 20º.

O brasileiro Pedro Sampaio, vice-campeão da GP 600 no Moto 1000 GP e dono do título brasileiro da GPR 250 de 2013, é outro nome do FIM European Championship Superstock 600. Ele terminou a etapa de Portimão em 24º com a Yamaha do Team Brazil by Aspi. A vitória foi do turco Toprak Razgatlioglu, da Kawasaki Puccetti. Os italianos Michael Rinaldi, do San Carlo Team Italia, e Federico Caricasulo, da PATA-Honda Junior Team, completaram o pódio.

Deixe seu comentário