segunda-feira, 23 de março de 2015

Stock Car: Pilotos da Hot Car não pontuam, mas destacam aprendizado e prova sem problemas em Goiânia

0 comentários
Foto: Vanderley Soares
Com exceção de Fábio Fogaça, Raphael Abbate, Nicolas Costa e Leandro Totti disputaram uma corrida da categoria pela primeira vez. O bicampeão Ricardo Maurício faturou a prova de duplas ao lado do argentino Nestor Girolami

Em uma corrida emocionante e movimentada, a Stock Car deu a largada neste domingo (dia 22) para a temporada 2015, no autódromo internacional Ayrton Senna, em Goiânia (GO), com a corrida de duplas. Os 33 titulares dividiram seus carros com 33 convidados - entre eles campeões de diversas categorias e estrelas nacionais e internacionais - e a vitória ficou com a dupla Ricardo Maurício e o argentino Nestor Girolami.

Na equipe Hot Car Competições (Bardahl), os pilotos fizeram uma prova de aprendizado, para ganhar "horas de vôo". Com exceção de Fábio Fogaça, que estreia no time, mas já competia na categoria, os demais pilotos nunca haviam disputado uma corrida da Stock. Atual vice-campeão Brasileiro de Turismo, Raphael Abbate fez sua primeira etapa com o convidado Nicolas Costa e terminaram em 22º. Fogaça dividiu o carro #72 com o bicampeão da Fórmula Truck, Leandro Totti, e ficaram logo atrás, em 23º.

Fogaça largou em 23º e parou primeiro nos boxes da equipe, entregando o carro para Totti entre os 20 melhores. Abbate largou um pouco mais atrás, mas também vinha se recuperando, quando Costa assumiu.

"Deu pra fazer uma estreia com menos responsabilidade, eu diria. Infelizmente, nosso conjunto de tempos no classificatório nos deixou um pouco pra trás no grid, porque não treinamos no seco e, no final, a tomada foi nessas condições. Mas o ritmo estava bom no início da corrida e consegui ultrapassar alguns carros. No geral, foi bacana, deu pra estrear e agora vamos para as próximas corridas", destacou o estreante Abbate, de 23 anos, dono do Stock Chevrolet #26.

Costa, que entre suas conquistas foi campeão da Fórmula Futuro no Brasil em 2010 e campeão europeu e italiano da Fórmula Abarth em 2012, disse que realizou um sonho neste domingo. "Achei a experiência incrível. Foi tudo novo pra mim: o tipo de carro, a pista, as condições, que acabaram sendo sempre adversas, já que só fomos andar no seco na classificação. E, quando eu entrei no carro para a corrida, não sabia muito bem o que esperar. Fui aprendendo ao longo da prova. Cometi alguns errinhos de novato, mas foi bem legal, teve disputas de posição e consegui trazer o carro inteiro. Então, estou muito feliz com essa experiência. A primeira vez que entrei num box na minha vida foi numa corrida de Stock Car, então foi a realização de um sonho hoje", disse o carioca de 23 anos.

No Stock Chevrolet #72, Fogaça levou um toque na largada, que prejudicou um pouco, mas não comprometeu o rendimento do carro. "Tomei um toque na largada, que nem sei de onde veio, mas teve um pessoal que largou muito mal na frente, a minha fila especialmente e chegamos no final da reta, todo mundo junto e acabei tomando o toque. Isso prejudicou um pouco, mas eu consegui vir num ritmo legal e, tenho quase certeza, de que vamos estar muitas vezes entre os 15 primeiros este ano. É questão de tempo para me adaptar mais à equipe e ao carro da Hot Car", afirmou o piloto de Sorocaba, no interior de São Paulo.

Bicampeão da Truck, Totti também deixou a pista feliz com a experiência e ressaltou as peculiaridades do carro da Stock Car. "É complicado, difícil, sofri um pouquinho, porque é um carro muito manhoso e precisa de tempo para aprender. Mas valeu demais a experiência. A equipe está de parabéns e gostaria de agradecer mais uma vez o convite do Fábio. No final, acabei prejudicando-o na corrida, porque ele estava bem, me entregou o carro bem, mas eu acabei rodando, porque baixei uma marcha a mais na redução e balançou a traseira e rodei. Ai até fazer o carro pegar, acabei perdendo tempo, o que complicou tudo", contou o piloto paranaense.

Dentro de duas semanas, a Stock Car terá sua segunda etapa em um circuito de rua. Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, será o palco da disputa, no dia 5 de abril.

Veja o resultado da etapa de Goiânia:
1. #90 Ricardo Mauricio/Nestor Girolami - Eurofarma RC - 35 voltas em 52min32s719
2. #80 Marcos Gomes/Mark Winterbottom - Voxx Racing Team - +6s892
3. #18 Allam Khodair/Antonio Felix da Costa - Full Time Competições - +18s475
4. #0 Cacá Bueno/Pechito Lopez - Red Bull Racing - +18s742
5. #21 Thiago Camilo/Lucas Di Grassi - Ipiranga-RCM - +19s102
6. #65 Max Wilson/Vitor Meira - Eurofarma RC - + 19s766
7. #88 Felipe Fraga/Alvaro Parente - Voxx Racing Team - +19s880
8. #77 Valdeno Brito/Laurence Vanthoor - Shell Racing - + 25s577
9. #111 Rubens Barrichello/Ingo Hoffman- Full Time Competições - + 42s395
10. #14 Luciano Burti/Jaime Algersuari - RZ Motorsport - + 45s797
11. #4 Julio Campos/Nicholas Prost - Prati-donaduzzi - +46s930
12. #28 Galid Osman/Beto Monteiro - Ipiranga-RCM - + 50s193
13. #29 Daniel Serra/Chico Serra - Red Bull Racing - + 52s997
14. #2 Raphael Mattos/David Mufatto - Schin Racing Team - + 59s049
15. #10 Ricardo Zonta/Jacques Villeneuve - Shell Racing - + 59s682
16. #12 Lucas Foresti/Luiz Razia - AMG Motorsport - +1min04s663
17. #46 Vitor Genz/Matheus Stumpf - Boettger Competições - +1min06s869
18. #110 Felipe Lapenna/Vitantonio Liuzzi - Schin Racing Team - +1min10s047
19. #6 Alceu Feldmann/Ezequiel Raul Bosio - Boettger Competições - +1min11s382
20. #3 Bia Figueiredo/Matias Milla - União Química Racing - + 1min16s879
21. #83 Gabriel Casagrande/Enrique Bernoldi - C2 Team - + 1min18s789
22. #26 Raphael Abbate/Nicolas Costa - Hot Car Competições - + 1min19s706
23. #72 Fabio Fogaça/Leandro Totti - Hot Car Competições - + 1 volta
24. #1 Antonio Pizzonia/Bruno Senna - Prati-donaduzzi - + 1 volta
25. #73 Sergio Jimenez/Fabio Carbone - C2 Team - + 1 volta
26. #25 Tuka Rocha/Chris Van Der Drift Peugeot - + 2 voltas
27. #8 Rafael Suzuki/Antonio Perez - RZ Motorsport - + 4 voltas
28. #51 Átila Abreu/Nelson Piquet Jr - AMG Motorsport - + 8 voltas
29. #74 Popó Bueno/Guilherme Salas - Cavaleiro Racing Sports - + 11 voltas
30. #70 Diego Nunes/Ricardo Rosset - Vogel Motorsport - _ 27 voltas
31. #11 Cesar Ramos/Frederic Vervish - Cavaleiro Racing Sports - + 28 voltas
32. #5 Denis Navarro/Felipe Giaffone - Vogel Motorsport - + 30 voltas
33. #33 Felipe Maluhy/Xandynho Negrão - ProGP - + 32 voltas

Informações sobre a equipe Hot Car e patrocinadores, acesse:
www.hotcarcompeticoes.com.br
www.facebook.com/hotcarcompeticoes
www.twitter.com/hot_car
instagram.com/hotcarcompeticoes
www.facebook.com/BardahlBr

Mais informações para a imprensa:
FGCom
Fernanda Gonçalves / Beatriz de Paula
Tel. 11 3473.4845 / 3473.4841
fernanda@fgcom.com.br / beatriz@fgcom.com.br

Deixe seu comentário