quarta-feira, 18 de março de 2015

Light realizou segunda etapa com quase 120 pilotos

0 comentários
Foto: Flávio Quick
Kartódromo Aldeia da Serra recebeu pilotos que, em emocionantes corridas, levantaram o público

Neste sábado (14) a Copa São Paulo Light de Kart retornou à cidade de Barueri para a segunda rodada do ano. Um total de 113 pilotos, divididos em oito categorias, fizeram provas emocionantes e, acima de tudo, registraram um aumento de mais de 10% no número de competidores em relação à primeira etapa do ano.

Nomes importantes do automobilismo brasileiro estiveram no Kartódromo tanto competindo, como nos bastidores. As condições climáticas tiveram papel determinante, principalmente nas corridas da tarde. Apesar do céu nublado por praticamente todo o dia, pouco antes das tomadas de tempos das categorias da tarde começou a chover mudando assim a estratégia de todos os competidores. Para quem estava de fora o fato trouxe, acima de tudo, uma dose extra de emoção.

As corridas, em praticamente todas as categorias, foram extremamente disputadas ressaltando a grande competitividade evidenciada pelos motores sorteados. Outra briga extremamente latente foi a verificada entre as marcas de chassis. Birel Sudam, Techspeed, Mini, Mega Kart, CRG e Birel ART tiveram equipamentos na pista mostrando também a grande representatividade do Light junto aos principais fabricantes do kart do país.

A categoria que abriu a programação foi a Cadete que teve o domínio de apenas um piloto. Apesar das grandes disputas nas duas baterias Rafael Câmara, que já havia registrado a pole-position, venceu as duas corridas e registrou a pontuação máxima da etapa. João Victor Camargo ficou com a segunda posição e Nicolas Fabris o terceiro lugar.

Pela categoria Júnior Menor as brigas, assim como na Cadete, foram muito intensas. Matheus Morgatto venceu a etapa ao somar a vitória na segunda bateria e um terceiro lugar, na primeira prova. Na segunda posição geral ficou Derek Ryan e, em terceiro, Pedro Lopes.

A categoria Júnior, que compete com motores próprios, também teve duas provas de arrepiar. A regularidade mostrou ser muito importante neste classe uma vez que, mesmo sem ganhar nenhuma prova, o vencedor da etapa foi Marcel Colleta com um segundo e um terceiro lugares respectivamente. Com a mesma pontuação Guilherme Peixoto ficou com o segundo lugar e Juan Crespi, vencedor da primeira prova, ficou com o terceiro lugar geral.

Encerrando as disputas da manhã o piloto Ricardo Pinheiro foi o grande vencedor na Sprinter. Para chegar à conquista ele foi soberano fazendo a pole-position, ganhando as duas corridas e fazendo, inclusive, uma das voltas mais rápidas. No segundo lugar geral ficou Pietro Guglielmi e, em terceiro, Vitor Reggi.

Passada a premiação das categorias da manhã e a inesperada chuva antes das tomadas de tempos, a classe Graduado tomou o traçado para as suas atividades. 17 karts compuseram o grid desta categoria que, por sua vez, mostrou mais uma vez a grande competitividade e o alto nível dos pilotos. Olin Galli venceu a prova com pontuação máxima seguido por Giuliano Forcolin e João Vitor Rosate.

As atividades seguintes reuniram em um só grid os pilotos das categorias Sênior e Sênior "B". Alain Sisdelli ficou com a pole-position geral do dia, mas, nas corridas, ele não teve a mesma sorte. Em uma prova marcada pela visível briga entre as fábricas os representantes da Birel Sudam, Techspeed e Mini lutaram muito entre si. Onassis de Souza (Birel Sudam) ganhou a primeira e Dudu Dieter (Techspeed) a segunda. No geral da etapa quem levou a melhor foi Dieter com Onassis em segundo e Sisdelli, em terceiro. Na divisão "B" o melhor do dia foi Lucas Salles com Patrick Sango em segundo e Luis Eduardo Salau, em terceiro.

Dentre os competidores da Super Sênior o sábado também foi de muita competitividade. O carioca Cristiano Matheis registrou a pole, mas, nas corridas a regularidade falou mais alto. Ricardo Thomazi ganhou a primeira prova, Antônio Canedo, a segunda. Mas, com toda a sua experiência o multi-campeão Renato Russo, com dois segundos lugares, foi quem subiu ao degrau mais alto do pódio. Canedo ficou com a segunda posição geral e Thomazi, o terceiro lugar.

Encerrando a programação do dia a categoria F400 mostrou que ainda tem muito potencial para crescer. Após registrar seis competidores no primeiro evento a categoria mais que dobrou o seu número de participantes alinhando 13 karts no grid desta segunda etapa. Com seus karts equipados com os fortes motores Honda de 400cc os pilotos fizeram duas corridas muito disputadas. A vitória geral do dia ficou com Marcus Borges seguido por Paulo Farias e Matheus Colletta.

A Copa São Paulo Light retoma o seu calendário de competições anual no dia 11 de abril, logo após as comemorações de Páscoa, no mesmo Kartódromo Aldeia da Serra.

Assessoria de Comunicação da RBC Preparações de Motores
Quick Comunicação e Marketing
Jornalistas Responsáveis: Flávio Quick e Fabiola Cadar
Fones: (31) 9955-1420 | (31) 3225-2236
E-mail: quick@quickcomunicacao.com.br
Internet: www.quickcomunicacao.com.br

Deixe seu comentário