quarta-feira, 18 de março de 2015

Kart: Novo critério de desempate tirou vitória de Guilherme Peixoto na Copa São Paulo Light

0 comentários
Foto: Flávio Quick
Foco do piloto paulista agora é o título do Florida Winter Tour, nos Estados Unidos

Um novo critério de desempate, criado em fevereiro, foi o "culpado" por Guilherme Peixoto (Gmax Corp | Mini | RBC | D Racing | Connect Move) não ter subido no degrau mais alto do pódio no último sábado (14), ao fim da 2ª etapa da Copa São Paulo Light de Kart. Depois de duas baterias bastante equilibradas, o piloto paulista terminou em segundo, com os mesmos 17 pontos do vencedor na categoria Júnior.

"Em fevereiro, antes do início do campeonato, os organizadores divulgaram um adendo, modificando o critério de desempate, que antes era pelo resultado da 2ª bateria. Como este ano existe uma inversão entre os seis primeiros colocados em relação a chegada da primeira bateria, o critério antigo se tornou um pouco injusto e por isto foi modificado", explicou Daniel Ramalho, preparador de Guilherme. "Porém, como ninguém se lembrou disso, já que todos estavam acostumados com o critério antigo, utilizado há muitos anos, deu uma pequena confusão. Achávamos que o Gui tinha ganho, mas depois tudo foi explicado e perfeitamente entendido", continuou.

A rodada começou com bons treinos para Guilherme Peixoto e a equipe D Racing, responsável por todo o trabalho de acerto do chassi Kart Mini do piloto paulista. Peixoto obteve boa adaptação à pista, mas por compromissos particulares não participou da última sessão de treinos. Assim, partiu para a tomada de tempos no sábado, quando acabou punido por não atender o peso mínimo estabelecido para o conjunto kart / piloto.

Largando da 13ª e última posição, Guilherme Peixoto (Gmax Corp | Mini | RBC | D Racing | Connect Move) não demorou muito para figurar na 4ª posição e, logo em seguida, marcar a melhor volta. Durante a prova o piloto da D Racing chegou a ser líder, mas nas últimas voltas um "embrulho" o fez terminar em 3º.

Na segunda bateria, largando em 4º em razão da inversão do grid, Peixoto assumiu a liderança logo na primeira volta e lá se manteve por cerca de seis giros. Porém, algumas mudanças feitas no kart o tornaram menos competitivo no decorrer da prova e logo Guilherme foi alcançado pelos adversários. Ainda assim ele conseguiu terminar em 2º, resultado que somado ao da primeira bateria, o fez marcar 17 pontos, insuficientes porém, pelo novo critério de desempate, para declará-lo vencedor da etapa.

"Gostei do sábado, foi um dia em que novamente estive muito competitivo e a vitória não chegou apenas em razão do novo critério de desempate. Agora o foco é lutar pelo título do Florida Winter Tour np próximo final de semana", promete Guilherme Peixoto, que já está em Ocala, nos Estados Unidos, acompanhado de seu preparador Daniel Ramalho.

Nesta quarta-feira ele começa os treinos para a última etapa do FWT, onde é o 4º colocado na categoria ROK Júnior. "Com os descartes temos três pilotos em segundo, praticamente empatados e muito próximos do líder, e o Gui é um deles. O foco é total na conquista deste título", finaliza o preparador Daniel Ramalho.

KG COM Assessoria de Comunicação
Erno Drehmer (MTb/RS 14.706)
Rua Lidovino Fanton, 224
Sapucaia do Sul / RS - 93228-160
Tel. + 55 51 3452 2113
www.kartgaucho.com.br

Deixe seu comentário