segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

WEC: Final emocionante para a Audi em São Paulo

0 comentários
Foto: Audi Media Info
A Audi teve o prazer de encerrar a temporada do FIA World Endurance Championship (WEC) com um saldo positivo. A marca das quatro argolas conquistou seu sexto pódio do ano em São Paulo, com Tom Kristensen assegurando mais um troféu em sua última corrida como profissional. A Audi encerrou o ano na segunda posição no campeonato de construtores, enquanto Marcel Fässler/André Lotterer/Benoît Tréluyer (SUI/ALE/FRA) conquistaram o vice-campeonato entre os pilotos. Após uma notável recuperação, o trio do Audi R18 e-tron quattro #2 recebeu a bandeirada final na quinta posição, depois de ter andado em último.

Competitivo até o dia da despedida, Tom Kristenses mais uma vez provou seu talento em sua última corrida como profissional. Dividindo o carro com Lucas di Grassi (BRA) e Loïc Duval (FRA), o nove vezes vencedor das 24 Horas de Le Mans, conquistou, no Brasil, seu último troféu pela Audi com um terceiro lugar. Em uma etapa final emocionante, ele superou o Toyota #7 ao estabelecer um excelente ritmo de corrida mesmo poupando combustível. O dinamarquês, que havia anunciado antes desta última prova da temporada o fim de sua carreira profissional, viveu um fim de semana de fortes emoções e repleto de reconhecimento.

Uma medalha oferecida pela Confederação Brasileira de Automobilismo, uma volta de honra no sábado, a inscrição "Thanks Tom - Mister Le Mans" (Obrigado Tom - Senhor Le Mans) estampada no Audi R18 e-tron quattro #1 e um pódio cercado de honras e mensagens de todas as equipes do WEC presentearam o dinamarquês com uma despedida inesquecível após 138 corridas pela Audi em categorias como Le Mans, GT e carros de turismo. Para Lucas di Grassi, o resultado foi igualmente especial. Depois de largar na sexta posição, o paulista apresentou-se à torcida local em sua melhor forma.

O Audi R18 e-tron quattro #2 também teve chances de conquistar um lugar ao pódio, apesar de enfrentar um revés logo no início da prova. Depois que Benoît Tréluyer, ainda na primeira volta, precisou reiniciar os sistemas do carro e caiu para a última posição, o trio iniciou uma extraordinária recuperação. Apenas 30 minutos depois, o francês ocupava novamente a sexta posição. Seu companheiro de equipe, André Lotterer, reforçou ainda mais o ritmo do #2 ao estabelecer a melhor volta da prova. Perto do fim da prova, o campeão mundial de 2012 assumiu o quinto lugar depois do acidente de Mark Webber - que bateu forte na Curva do Café e teve seu carro totalmente destruído. Ele saiu ileso do forte choque contra o muro, mas a necessidade de manter o safety car na pista por muito tempo encerrou a prova sob bandeira amarela.

Ao final da terceira temporada do FIA WEC, a Audi comemora uma história de sucesso. Em 24 corridas disputadas desde 2012, foram 13 vitórias conquistadas (54% de aproveitamento), o que faz da marca a mais bem-sucedida na categoria LMP1. Além disso, a Audi conquistou dois títulos mundiais de pilotos e dois títulos mundiais de construtores nos anos de 2012 e 2013. O ponto alto da temporada de 2014 foi a vitória nas 24 Horas de Le Mans, em junho, que representou a 13a vitória da marca na tradicional prova francesa desde 2000.


Declarações após a corrida

Dr. Wolfgang Ullrich (Chefe da Audi Motorsport): "Este foi um fim de semana muito emocionante. Foi fantástica a maneira como o Tom, que fez um último turno dobrado de pilotagem, ainda defendeu sua posição no pódio. Buscávamos encerrar a temporada do FIA WEC de forma positiva no Brasil, e é ótimo que tenhamos conseguido este resultado, embora, obviamente, nosso objetivo fosse estar no degrau mais alto".

Chris Reinke (Chefe do LMP): "A temporada de 2014 foi uma verdadeira montanha-russa emocional para nós. Isso vale não só para as 24 horas de Le Mans, mas também para toda a temporada do WEC. A maneira como encerramos a temporada não foi a ideal, mas terminamos de forma positiva. O ponto alto do fim de semana, sem dúvida, foi a despedida de Tom Kristensen, que esteve conosco por tanto tempo. Agradecemos muito a ele, a quem devemos uma parte de nosso sucesso".

Ralf Jüttner (Diretor do Audi Sport Team Joest): "Parabéns à Porsche por sua primeira vitória. Extraímos o melhor de nosso potencial e o melhor deste trabalho foi que o Tom pode terminar no pódio sua última corrida. Ele mais do que mereceu este banho de champanhe. Se existe um piloto que pode fazer um bom trabalho poupando combustível e, ao mesmo tempo, extraindo a melhor performance possível de nosso Audi, este piloto é Tom. Levamos para as férias de inverno um bem-sucedido final de temporada, e voltaremos com força total em 2015".

Lucas di Grassi (Audi R18 e-tron quattro #1): "Esta foi uma das corridas mais duras de toda a temporada para mim. No final, com a despedida do Tom, vivemos uma situação novamente muito emocionante. Demos o nosso máximo, mas, infelizmente, tivemos alguns pequenos problemas. Mesmo assim, não desistimos. É ótimo estar no pódio correndo em casa, em São Paulo. E foi particularmente agradável poder dividir este momento especial com o Tom. É simplesmente incrível".

Loïc Duval (Audi R18 e-tron quattro #1): "Estou feliz por nosso sucesso no encerramento da temporada, especialmente pelo Tom. A corrida foi tudo menos fácil. Mas estivemos na disputa e fomos ao pódio, o que considero uma grande recompensa para nossa equipe. Além disso, estou feliz por saber que o Mark Webber não sofreu nenhum ferimento sério".

Tom Kristensen (Audi R18 e-tron quattro #1): "Um grande muito obrigado a todos! Terminei minha primeira corrida com a Audi, em Sebring no ano 2000, com um pódio e agora tenho a oportunidade de encerrar minha carreira no pódio novamente, depois de uma corrida muito difícil. Para evitar que fizéssemos mais um pit stop, tivemos que pilotar de forma a ter um menor consumo de combustível no final. E isso foi no meu turno de pilotagem. E foi um estágio emocionante até a entrada do safety car. Parabéns à Porsche pela primeira vitória e também à Toyota pela vitória no campeonato. Estou feliz por ter passado boa parte de minha carreira com a Audi e com o melhor time do mundo. Do ponto de vista emocional, este foi o melhor fim de semana de minha carreira".

Marcel Fässler (Audi R18 e-tron quattro #2): "Foi uma grande honra para mim fazer parte do mesmo time que Tom Kristensen. Obviamente, dizer adeus a um piloto tão competente é uma grande perda para a gente. Sobre a corrida em São Paulo, fomos infelizes no início, quando tivemos que reiniciar os sistemas do carro. Isso nos custou muito tempo e tivemos que partir para uma corrida de recuperação. Mas, no final, a alegria de conquistar o vice-campeonato mundial superou qualquer coisa. Foi uma temporada dura e difícil, e por isso podemos nos orgulhar deste resultado final".

André Lotterer (Audi R18 e-tron quattro #2): "Fomos novamente competitivos nesta corrida final. Estou particularmente feliz pelo Tom, que coroou o final de sua carreira com mais um pódio. Sempre que uma lenda das corridas como o Tom se despede das pistas, esta ocasião se torna realmente especial. Ele tem sido um modelo para mim e sempre me inspirou. Exceto pelo problema que nos custou o pódio, a corrida foi boa. Gostei do comportamento do carro e do nosso ritmo de corrida também. Para completar, estabelecemos a melhor volta da prova".

Benoît Tréluyer (Audi R18 e-tron quattro #2): "Estou muito feliz pelo fato do Tom poder celebrar sua última corrida no WEC com um pódio. Assim como nossos outros companheiros de equipe, ele teve uma performance notável em São Paulo. Também gostaria de parabenizar a Porsche por sua primeira vitória. Foi uma prova difícil para nossa equipe, sofremos alguns contratempos. Mas nosso carro esteve rápido e marcamos mais alguns pontos para o campeonato no final, o que foi positivo".


Resultado da prova
1) Dumas/Jani/Lieb (Porsche), 249 voltas em 6h01min44s608
2) Buemi/Davidson (Toyota), a 0s170
3) Di Grassi/Duval/Kristensen (Audi), a 1 volta
4) Conway/Sarrazin/Wurz (Toyota), a 1 volta
5) Fässler/Lotterer/Tréluyer (Audi R18 e-tron quattro), a 1 volta
6) Bradley/Howson/Imperatori (Oreca-Nissan), a 24 voltas
7) Mücke/Turner (Aston Martin), a 28 voltas
8) Makowiecki/Pilet (Porsche), a 28 voltas
9) Calado/Rigon (Ferrari), a 28 voltas
10) Bruni/Vilander (Ferrari), a 29 voltas


Informações:

Departamento de Comunicação Audi do Brasil
www.audi-imprensa.com.br

Christian Marxen
Gerente de Comunicação Audi do Brasil
Telefone: +55-11-3041-2905
christian.marxen@audi.com.br

Charles Marzanasco
Supervisor de Imprensa Produto
Telefone: +55 11 3041-2840
charles.marzanasco@audi.com.br

Renata Tersiote
Assessora de Imprensa
Telefone: +55 11 3041 2888
extern.renata.tersiote@audi.com.br

Imagem Corporativa
www.imagemcorporativa.com.br

Marta Telles
Gerente de Comunicação
Telefone: +55 11 3526-4508
marta.telles@imagemcorporativa.com.br

Wesley Oliveira
Assistente de Comunicação
Telefone: +55 11 3526-4585
marta.telles@imagemcorporativa.com.br

Deixe seu comentário