terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Romanini lidera, sofre quebra e perde título do Festival Brasileiro de Marcas & Pilotos

0 comentários
Foto: Cintia Azevedo
Primeiro campeão, piloto de Cascavel vale-se do descarte de resultados e vai ao pódio em terceiro. Desempate dá título a Corrêa

  Marco Michelon Romanini esteve próximo da conquista de seu segundo título no Festival Brasileiro de Marcas & Pilotos 1.600. Depois de conquistar um terceiro e um segundo lugar nas duas primeiras baterias do torneio anual, que neste ano teve sede em Pinhais (PR), no Autódromo Internacional de Curitiba, o piloto da Stumpf Preparações sofreu uma quebra de motor quando era líder da terceira e última corrida, na tarde deste domingo (7).

“É uma coisa estranha o que eu senti hoje, porque perdi a corrida, perdi o campeonato e saí do autódromo contente demais. A corrida final, até o motor quebrar, foi uma das mais divertidas que fiz na vida”, falou o piloto de 26 anos, que disputou o Festival Brasileiro de Marcas & Pilotos pilotando o Renault Clio número 88 da Stumpf Preparações, equipe de Cascavel (PR), sua cidade. “Foi pena o campeonato escapar, mas não fico triste, não”.

O título do Festival Brasileiro foi conquistado pelo goiano Gabriel Corrêa, com o Ford Ka da Ferrari Motorsports, equipe também sediada em Cascavel. Ele foi segundo colocado na primeira corrida, venceu a segunda e terminou a última em terceiro. O título foi definido pelos critérios de desempate. A dupla paranaense Marcos Ramos/José Cordova cumpriu campanha idêntica – vitória na primeira prova, terceiro lugar na seguinte e segundo na final.

Como o regulamento desportivo do Festival Brasileiro previa que cada piloto ou dupla descartasse um dos três resultados, Romanini somou os pontos do terceiro e do segundo lugar e terminou a competição em terceiro lugar. “Se não fosse a quebra nós teríamos ganhado a corrida e seríamos campeões pela segunda vez. Mas não existe ‘se’ em corridas”, falou o piloto, que conquistou o título da primeira edição da competição, em 2009.

As corridas em Pinhais representaram o primeiro teste do novo Clio da Stumpf Preparações. “Tínhamos feito só uma corrida longa com esse carro. Os treinos e as corridas do Festival Brasileiro deixaram claro para nós que o carro já nasceu competitivo, isso é interessante porque já dá até mais motivação para a gente trabalhar pensando em 2015”, finalizou Romanini, que disputará o Campeonato Metropolitano de Marcas & Pilotos de Curitiba.

FESTIVAL BRASILEIRO DE MARCAS & PILOTOS 1.600
(6 e 7 de dezembro de 2014, Autódromo Internacional de Curitiba)

Primeira corrida, 12 voltas
1º) Marcos Ramos/José Córdova (PR/Peugeot 207), 25min40s377
2º) Gabriel Corrêa (GO/Ford Ka), a 0s435
3º) Marco Michelon Romanini (PR/Renault Clio), a 1s020
4º) Davi Dal Pizzol (SC/VW Gol), a 1s323
5º) Luiz Fernando Pielak (PR/Ford Fiesta), a 2s152
6º) Ruslan Carta Filho/Andrei Carta (PR/VW Gol), a 2s535
7º) André Massuh (DF/GM Corsa Sedan), a 3s422
8º) Valmor Emílio Weiss/Marcel Sedano (PR/VW Gol), a 4s016
9º) Fabiano Cardoso/Giovane Correa (RS-GO/Fiat Palio), a 4s488
10º) Thiago Oliveira (PR/GM Celta), a 5s454
11º) Natan Sperafico/Billy Gabardo (PR/Ford Ka), a 5s930
12º) Rafael Bastos/Elberto Alves (SC/VW Gol), a 7s103
13º) Ingmar Biberg/Carlos Eduardo Diesel (PR/Renault Clio), a 8s041
14º) Sidnei Campos Silva (DF/GM Corsa), a 9s655
15º) Luís Filgueiras/Rodrigo Moreno (SP/Ford Fiesta), a 10s355
16º) Aparecido Morais (PR/VW Gol), a 10s877
17º) Arthur Gaggini Lopes (PR/VW Gol), a 11s453
18º) Jorge Martelli (PR/VW Gol), a 12s032
19º) Marcelo Peixoto (GO/VW Gol), a 28s750
20º) Marcos Stival/Daniel Franccelino (GO/GM Celta), a 2 voltas
NÃO COMPLETARAM
Gustavo Myasava (PR/VW Gol), a 4 voltas
Fernando Dalabona (DF/Fiat Palio), a 4 voltas
Matheus Biriba (GO/GM Celta), a 4 voltas
Onesvaldo Júnior/Larissa Cruzeiro (GO/GM Corsa), a 4 voltas
Luiz Carlos Ribeiro (RS/Ford Ka), a 5 voltas
Matias Lemos Neto/Gustavo Veronez (GO/Peugeot 207), a 5 voltas
Raphael Reis de Sá (DF/GM Celta), a 8 voltas
Adriano Milani (PR/GM Celta), a 8 voltas
Gilberto Borges Filho (PR/Peugeot 207), a 12 voltas
DESCLASSIFICADO
Leandro Zandoná (PR/Ford Fiesta)
Melhor volta: Pielak, na 2ª, 1min41s415, média de 131,164 km/h

Segunda corrida, 15 voltas
1º) Gabriel Corrêa (GO/Ford Ka), 27min02s782
2º) Marco Michelon Romanini (PR/Renault Clio), a 3s140
3º) Marcos Ramos/José Córdova (PR/Peugeot 207), a 3s541
4º) Luiz Fernando Pielak (PR/Ford Fiesta), a 4s053
5º) Davi Dal Pizzol (SC/VW Gol), a 6s039
6º) Ruslan Carta Filho/Andrei Carta (PR/VW Gol), a 6s743
7º) Jorge Martelli (PR/VW Gol), a 7s140
8º) Leandro Zandoná (PR/Ford Fiesta), a 7s785
9º) André Massuh (DF/GM Corsa Sedan), a 13s205
10º) Thiago Oliveira (PR/GM Celta), a 16s544
11º) Marcelo Peixoto (GO/VW Gol), a 25s870
12º) Gilberto Borges Filho (PR/Peugeot 207), a 30s190
13º) Fernando Dalabona (DF/Fiat Palio), a 31s898
14º) Rafael Bastos/Elberto Alves (SC/VW Gol), a 32s057
15º) Luís Filgueiras/Rodrigo Moreno (SP/Ford Fiesta), a 32s340
16º) Adriano Milani (PR/GM Celta), 46s765
17º) Sidnei Campos Silva (DF/GM Corsa), a 57s973
18º) Fabiano Cardoso/Giovane Correa (RS-GO/Fiat Palio), a 1min00s285
19º) Arthur Gaggini Lopes (PR/VW Gol), a 1min06s185
20º) Aparecido Morais (PR/VW Gol), a 1min15s716
NÃO COMPLETARAM
Raphael Reis de Sá (DF/GM Celta), a 5 voltas
Luiz Carlos Ribeiro (RS/Ford Ka), a 6 voltas
Ingmar Biberg (PR/Renault Clio), a 10 voltas
Onesvaldo Júnior/Larissa Cruzeiro (GO/GM Corsa), a 12 voltas
Matias Lemos Neto/Gustavo Veronez (GO/Peugeot 207), a 12 voltas
Marcos Stival/Daniel Franccelino (GO/GM Celta), a 14 voltas
Valmor Emílio Weiss/Marcel Sedano (PR/VW Gol), a 15 voltas
Natan Sperafico/Billy Gabardo (PR/Ford Ka), a 15 voltas
Gustavo Myasava (PR/VW Gol), a 16 voltas
Matheus Biriba (GO/GM Celta), a 16 voltas
Melhor volta: Zandoná, na 9ª, 1min41s830, média de 130,629 km/h

Terceira corrida, 16 voltas
1º) Jorge Martelli (PR/VW Gol), 27min44s783
2º) Marcos Ramos/José Córdova (PR/Peugeot 207), a 1s003
3º) Gabriel Corrêa (GO/Ford Ka), a 1s192
4º) André Massuh (DF/GM Corsa Sedan), a 2s443
5º) Raphael Reis de Sá (DF/GM Celta), a 3s114
6º) Valmor Emílio Weiss/Marcel Sedano (PR/VW Gol), a 8s391
7º) Thiago Oliveira (PR/GM Celta), a 14s420
8º) Ruslan Carta Filho/Andrei Carta (PR/VW Gol), a 14s761
9º) Leandro Zandoná (PR/Ford Fiesta), a 25s908
10º) Natan Sperafico/Billy Gabardo (PR/Ford Ka), a 26s411
11º) Rafael Bastos/Elberto Alves (SC/VW Gol), a 33s782
12º) Arthur Gaggini Lopes (PR/VW Gol), a 33s931
13º) Gilberto Borges Filho (PR/Peugeot 207), a 35s580
14º) Adriano Milani (PR/GM Celta), a 50s552
15º) Sidnei Campos Silva (DF/GM Corsa), a 55s186
16º) Aparecido Morais (PR/VW Gol), a 1min35s598
17º) Onesvaldo Júnior/Larissa Cruzeiro (GO/GM Corsa), a 1 volta
NÃO COMPLETARAM
Fernando Dalabona (DF/Fiat Palio), a 6 voltas
Marco Michelon Romanini (PR/Renault Clio), a 8 voltas
Matias Lemos Neto/Gustavo Veronez (GO/Peugeot 207), a 9 voltas
Luís Filgueiras/Rodrigo Moreno (SP/Ford Fiesta), a 9 voltas
Marcos Stival/Daniel Franccelino (GO/GM Celta), a 13 voltas
Davi Dal Pizzol (SC/VW Gol), a 14 voltas
Fabiano Cardoso/Giovane Correa (RS-GO/Fiat Palio), a 14 voltas
Luiz Fernando Pielak (PR/Ford Fiesta), a 15 voltas
Marcelo Peixoto (GO/VW Gol), a 15 voltas
Luiz Carlos Ribeiro (RS/Ford Ka), a 16 voltas
Ingmar Biberg/Carlos Eduardo Diesel (PR/Renault Clio), a 16 voltas
Melhor volta: Zandoná, na 3ª, 1min41s588, média de 130,941 km/h

Deixe seu comentário