segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Miami 500: Equipe brasileira obtém resultado impressionante nos EUA

0 comentários
Foto: Rodrigo Ruiz
Team Ginetta USA conquistou nada menos que quatro das cinco primeiras posições na prova da Flórida

Uma equipe formada por brasileiros para a disputa de um dos campeonatos de endurance mais competitivos dos EUA conquistou um resultado impressionante no último fim de semana na Flórida, durante a Miami 500. A corrida reuniu 82 carros no circuito de Homestead e foi disputada por mais de 230 pilotos - boa parte deles com um vitorioso currículo internacional.

Na prova que ao mesmo tempo abriu o calendário de 2015 do FARA (Formula & Automobile Racing Association) e encerrou a temporada de 2014, o Team Ginetta USA ocupou nada menos que quatro das cinco primeiras posições na classificação geral - e só perdeu a chance de vencer a disputa no finalzinho, quando Tarso foi ultrapassado pela Ferrari 458 de Bruno Junqueira e de Raul Costa.

Ironicamente a vitória na etapa também ficou com um brasileiro, embora Junqueira não integre o esquadrão de 24 pilotos do país que correm pela equipe verde-amarela. Com a dupla formada por Tarso Marques (ex F-1 e Stock Car) e seu pai Paulo de Tarso (também ex-Stock Car), a equipe brasileira conquistou o segundo lugar na classificação geral.

"Larguei da última posição e tive uma corrida realmente difícil, em que enfrentamos uma Ferrari muito forte e competitiva na disputa pela liderança. Temos a vantagem de apresentar menor consumo de pneus e de combustível, mas a Ferrari tem o dobro da potência do nosso carro e, praticamente, compete em uma outra categoria, com tempos de volta 5s mais rápidos. Levávamos vantagem no número de pit stops, mas no final não deu para segurar", avaliou Marques.

A terceira posição no pódio foi conquistada por Luiz Arruda, João Gonçalves e Kreis Jr., que pilotaram a Ginetta G55 #777 de forma impecável e também chegaram a liderar a prova.

"Desde que deixei de competir de GT4 no Brasil, em razão do fim do campeonato, tenho me dedicado às provas do FARA com o Team Ginetta USA. E a cada dia me impressiono mais com o crescimento de nossa equipe", avaliou João Gonçalves, Campeão Mundial de Kart e líder do carro #777. "Tenho muito orgulho de fazer parte dessa grande força do automobilismo norte-americano, que nasceu de um sonho brasileiro", acrescentou.

Os líderes do Team Ginetta USA - que leva este nome por ser a equipe oficial da fabricante inglesa Ginetta na América do Norte - também fizeram bonito na Miami 500. Esta prova marcou, há dois anos, o início do projeto que culminou na criação da equipe. Adolpho Rossi e sua esposa Alline Cipriani lideraram boa parte da corrida na categoria MP4, mesma divisão pela qual Alline sagrou-se campeão em 2014. Em razão de problemas no último pit stop, no entanto, a dupla terminou em terceiro.

"A Miami 500 é uma corrida muito dura, tanto para nós, pilotos, quanto para os carros. A distância de 500 quilômetros é longa o bastante para expor o equipamento ao desgaste, mas, ao mesmo tempo, exige um ritmo de prova que não pode ser muito mais lento do que em uma etapa de 300 quilômetros, por exemplo. Neste cenário, construir a melhor estratégia é algo importantíssimo e, ao mesmo tempo, difícil", avaliou Adolpho Rossi.

Entre todos os 27 competidores do Team Ginetta USA, apenas três não são brasileiros. Os argentinos Jose Balbiani, Pablo Otero e Guilhermo D'Aguanno disputaram a prova na categoria MP2 e fecharam a corrida na segunda colocação. Carlos Brockveld e Marcelo Campagnolo ficaram com o terceiro lugar nesta mesma divisão.

A equipe brasileira terminou a temporada de 2014 tendo como campeã da divisão MP2-A a dupla Adolpho Rossi e Elias Azevedo, e como vice nesta mesma categoria Alan Hellmeister e Sérgio Laganá. Alline Cipriani também ficou com o título na MP4-A. O próximo desafio do Team Ginetta USA será nos dias 21 e 22 de fevereiro, novamente em Homestead.

Inova Comunicação
Rafael Durante (Mtb 48.044) - E-mail: rafaeld@terra.com.br
Contatos: (11) 7320 8666 / 93*19045

Deixe seu comentário