terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Final de semana foi de título e de tristeza para os irmãos Arthur e Matheus Leist

0 comentários
Foto: Divulgação
Vitórias e bons momentos na pista foram superados pelo falecimento de importante pessoa em suas carreiras

O último final de semana foi de conquistas e de alegrias para a família Leist, que tem os irmãos Arthur e Matheus Leist nas pistas. Mas foi também de tristezas. Ao mesmo tempo em que, respectivamente, se sagrava campeão em São Paulo e participava de testes na Europa, os irmãos lamentavam a morte de uma pessoa bastante importante em suas carreiras.

No sábado (6), em São Paulo, mais exatamente no Kartódromo Aldeia da Serra, Arthur disputava a 10ª e última etapa da Copa São Paulo Light e se preparava também para buscar outro título, no Grande Prêmio RBC, que seria disputado logo na sequência, à noite. Depois de estar sempre entre os primeiros colocados, o então vice-líder da categoria Júnior estava em segundo na 1ª bateria quando foi tocado por trás e rodou, terminando a prova nas últimas posições.

Depois, com boa recuperação, o piloto de Novo Hamburgo (RS) terminaria em 5º na segunda bateria, finalizando a rodada na 6ª posição após a soma dos pontos. O toque recebido, entretanto, fez com que Arthur Leist (TMA Competições) perdesse as chances de lutar pelo título. "Este toque fez com que o Arthur terminasse a 1ª bateria em último, o que, por consequência, prejudicou sua pontuação na etapa. Por conseguinte, faltaram três pontos para que ele fosse campeão", ressalta José Carlos Spier, o Nico, responsável pela logística dos irmãos nos kartódromos. Arthur acabou em 3º lugar na pontuação final do Light, um ponto atrás do vice-campeão e dois atrás do campeão.

Os resultados da noite, no Grande Prêmio RBC, foram muito melhores e, depois de uma atuação perfeita e de partir da 4ª posição, Arthur Leist (TMA Competições) venceu a prova única do evento e garantiu o título da competição. "Fechamos a temporada com chave de ouro, foi um prêmio pelo ótimo ano que tivemos", analisa o piloto. "Estive sempre entre os ponteiros em todas as competições, nacionais e estaduais, de que participei e em algumas delas alguns incidentes aconteceram, batidas ou quebras, que me impediram de ser campeão. Encerro o ano muito feliz com este resultado na pista", completa.

A alegria na família Leist, infelizmente, deu lugar à tristeza nesta segunda-feira (8), quando faleceu o preparador Vanir Ghilardi, mais conhecido como "Alemão da Pole", uma referência à sua equipe no automobilismo, a Pole Motorsport. "O Alemão sempre foi muito presente e quando comecei a treinar de carro foi ele quem me 'guiou', me deu as primeiras dicas e conselhos. Ele era da minha cidade e este ano, quando estreei na Fórmula 3, foi presença muito importante em meu desenvolvimento. Era uma pessoa fantástica, sempre muito alegre e pronto a ajudar a todos, até mesmo seus adversários. A família Leist está muito triste com o falecimento do nosso 'anjo da guarda', ele vai fazer muita falta ao automobilismo", declarou Matheus Leist, que está na Espanha participando de testes na equipe Koiranen, como prêmio por seu desempenho na final da Seletiva de Kart Petrobras.

KG COM Assessoria de Comunicação
Erno Drehmer (MTb/RS 14.706)
Rua Lidovino Fanton, 224
Sapucaia do Sul / RS - 93228-160
Tel. + 55 51 3452 2113
www.kartgaucho.com.br

Deixe seu comentário