terça-feira, 29 de abril de 2014

Velocidade na terra: A vitória por um triz

0 comentários
Foto: Rogenes Santana
Lucas Bornemann lidera a prova da Marcas Catarinense em Santa Cecília  e na última volta o motor falha 

A segunda etapa do Catarinense de Automobilismo, realizado no último final de semana (26 e 27/04), no autódromo Municipal Aldo Leal Tramontini tinha tudo para ser perfeita para a equipe Ávilla Racing. O piloto paranaense Lucas Bornemann fez uma corrida fantástica, liderou o pelotão com 12 competidores na categoria Marcas e na última volta uma falha no motor tirou a vitória que parecia certa.

Durante os treinos o Gol #41, pilotado por Lucas Bornemann, apresentou bom rendimento e na tomada de tempos alcançou a segunda melhor marca, 1min25s548. Na largada para a prova o pole position atrasou a arrancada e o paranaense assumiu a liderança. Os quatro primeiros colocados travaram uma "briga" acirrada, mas Lucas Bornemann conseguiu segurar a posição.

Na metade da prova o piloto impôs uma pequena vantagem sobre os demais participantes, que durou pouco. O motor do Gol #41 começou a falhar e a perder rendimento. Lucas Bornemann defendeu a sua posição com manobras aproveitando o traçado estreito da pista. Em cada reta, ponto onde se exige do carro maior velocidade, o motor apagava e voltava em seguida.

O piloto lutou contra seu próprio equipamento e na última volta as falhas constantes no motor impediram qualquer ação. Lucas Bornemann conseguiu cruzar a linha de chegada em quarto lugar. Uma situação entre o vencedor da prova e outro competidor foi analisada pelos comissários esportivos que entenderam que houve uma atitude antidesportiva em uma ultrapassagem, punindo o campeão com 10 segundos.

Assim, Lucas Bornemann (Wap, Fricke Soldas/ Merkle Balmer/ Deep Clean/ Metabo/ Academia Oxy Place/ Noguchi/ TBi Industries/ Engepes/ Ferramentas Kennedy) somou os pontos da terceira posição e ocupa agora a vice-liderança do campeonato, empatado com seu irmão, o piloto Chris Bornemann, com 50 pontos.

"A gente tem uma equipe hoje com investimento um pouco menor do que as equipes de ponta, um pouco menos de experiência e, nessa etapa conseguimos em todos os treinos e na qualificação andar de igual pra igual com este pessoal, ou pelo menos muito próximo e isso nos deixou felizes. Infelizmente o motor do carro apresentou falhas e na última volta não deu mais pra segurar. Vamos partir para a próxima e esperar esta primeira vitória em uma outra etapa", declarou Lucas Bornemann.

A próxima disputa está prevista para os dias 17 e 18 de maio, no Autódromo Alceu Feldmann, em Lontras, região do Auto-Vale de Santa Catarina.

Pista Livre Assessoria e Comunicação
Eni Alves Santana (R.M.T/PR 009698)
(41) 9977-7231
enia.com@pistalivre.com.br

Deixe seu comentário